Publicidade
Manaus
TRÂNSITO

Novos radares começam a ser instalados em Manaus na próxima segunda-feira (26)

Até agora, já são 7 meses sem os equipamentos na cidade. Avenida das Torres, Efigênio Salles e Autaz Mirins serão as primeiras a receber os novos aparelhos 27/10/2015 às 11:55
Show img0016989411
Avenida das Torres, Efigênio Salles e Autaz Mirins serão as primeiras a receber os novos aparelhos (Arquivo/AC)
Anônimo redator

Após sete meses sem radares na cidade, a Prefeitura de Manaus vai instalar 36 desses equipamentos a partir da próxima segunda-feira (26). Cenário de recentes tragédias de trânsito, a avenida Santos Dumont, que nunca teve equipamento, vai ser uma das que receberão a instalação de radares, que pretendem inibir o excesso de velocidade e, consequentemente, acidentes.

"A gente começa pela Avenida das Torres, pela Efigênio Salles e pela Autaz Mirim. Então, são três vias em que os índices de acidentes são bastante altos. Vamos avançar também pra colocar o radar na avenida Santos Dumont, aquele trecho que vai ali pro aeroporto", explicou o diretor-presidente Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização do Trânsito (Manaustrans), Paulo Henrique Martins.

De acordo com o diretor-presidente, ainda não é possível afirmar quando as multas começarão a ser aplicadas. Segundo ele, após a instalação dos equipamentos, será feita aferição - quando os radares serão testados. Depois dessa fase, os condutores serão informados sobre o início da aplicação e cobrança das multas.

Santos Dumont

No início do mês, cinco pessoas morreram em um capotamento na avenida Santos Dumont. Entre as suspeitas do acidente está o excesso de velocidade. Durante o enterro de Carlos Raphael Azevedo Balbi de Lima, 20, uma das vítimas, o pai do jovem cobrou fiscalização no local. “Todo mundo sabe que aquela área é movimentada e não tem nenhuma fiscalização. Os órgãos de trânsito precisam ficar mais atentos a isso”, disse à época.

Para Paulo Martins, o radar é uma ferramenta eficaz para diminuir o número de acidentes. "É só comparar o número de acidentes de trânsito ocorridos nos últimos meses , assim é possível ter ideia. Em Manaus, muitas pessoas dirigem em alta velocidade e o radar é a única maneira de inibir a prática", afirmou.

"Nos últimos três meses, aconteceram muitos acidentes envolvendo vítimas fatais, em que, entre os condutores, a maioria era acostumada a dirigir em alta velocidade", disse.

O consórcio Manaus Seguro venceu a licitação de mais de R$ 7 milhões para instalação e manutenção dos radares.

Publicidade
Publicidade