Publicidade
Manaus
NÚMEROS DO DETRAN-AM

Número de mortes em acidentes de trânsito durante Carnaval quase triplicou em Manaus

Em 2017, três mortes foram registradas em acidentes de trânsito no período de Carnaval. Já em 2018, oito pessoas perderam a vida em ocorrências durante o mesmo período 15/02/2018 às 19:33
Show tran
Foto: Arquivo/AC
acritica.com* Manaus (AM)

O número de mortes no trânsito durante o período de Carnaval, em Manaus, aumentou 2,6 vezes em 2018 na comparação com o ano anterior. Em 2017, três mortes foram registradas em acidentes de trânsito. Já em 2018, oito pessoas perderam a vida em ocorrências durante a temporada carnavalesca.

No balanço divulgado pelo Departamento Estadual de Trânsito do Amazonas (Detran/AM) nesta quinta-feira (15) são considerados os óbitos registrados entre a quinta-feira da semana anterior ao Carnaval e a Quarta-Feira de Cinzas.

Segundo o Departamento Estadual de Trânsito do Amazonas (Detran-AM), durante o período de carnaval, 80 pessoas ficaram lesionadas após se envolverem em acidentes de trânsito, o número é 70% menor do que o registrado em 2017, quando 264 pessoas sofreram sequelas no trânsito.

Motoristas alcoolizados

Entre a noite de sexta-feira (9) e a madrugada dessa Quarta-Feira de Cinzas (14), 92 motoristas foram flagrados dirigindo sob efeito de bebida alcoólica nas ruas de Manaus.

Os mais conscientes decidiram não dirigir depois de ingerir bebida alcoólica e acionaram o Departamento Estadual de Trânsito do Amazonas (Detran-AM), que levou para casa 129 motoristas que pediram ajuda por meio do serviço de carona gratuita Disk-Pileque. O atendimento foi montado pelo Detran-AM em parceria com o Sindicato e Associação de Motoristas de Ambulâncias do Amazonas e Corpo de Bombeiros

Veículos apreendidos

No total o Detran-AM lavrou 553 autos de infração durante o período de Carnaval. Foram aprendidos 170 veículos, sendo 95 carros e 75 motocicletas. A maioria das infrações foi relacionada à falta de documentação de motoristas e veículos, além dos casos de embriaguez.

Durante as folias de Momo, 120 agentes foram mobilizados paras as operações de fiscalização da Lei Seca. Nas operações, o órgão contou com apoio das polícias Civil e Militar.

*Com informações da assessoria de imprensa.

Publicidade
Publicidade