Quarta-feira, 13 de Novembro de 2019
Manaus

Números elevados: Testes rápidos ajudam à diagnosticar Casos de Aids

Em 2012 foram confirmados 783 casos de Aids no AM. Com aplicação desses testes os números cresceram, segundo médica infectologista Silvana Lima



1.jpg Com apenas uma gota é possível fazer o diagnóstico de HIV/Aids em meia hora
05/04/2013 às 07:11

O aumento da procura pelo teste rápido de HIV/Aids é um dos fatores que tem contribuído para o avanço no número de casos da doença diagnosticados no Amazonas. É o que afirma a médica infectologista Silvana Lima, da Coordenação Estadual de DST/Aids e Hepatites Virais. Segundo a coordenadora, de 2011 para 2012 houve um aumento de 200 casos no Estado. No ano passado foram confirmados 783 casos de Aids no Amazonas.

“Os números estão crescendo e é uma realidade do País. A testagem rápida tem influenciado no aumento no número de casos, embora muitas pessoas ainda tenham medo de saber que tem a doença, da rejeição e do preconceito. O teste rápido tem sido atrativo porque as pessoas sabem o resultado no mesmo dia”, explicou a médica.



Ela ainda ressalta que a Fundação de Medicina Tropical Doutor Heitor Vieira Dourado (FMT-HVD) hoje atende uma demanda acima da capacidade em relação aos testes rápidos de HIV/Aids. O Ministério da Saúde também confirma que o aumento do diagnóstico tem se refletido no crescimento da proporção de indivíduos HIV positivos que são identificados nas regiões Norte, Sul e Nordeste.

Os testes rápidos são realizados a partir da coleta de uma gota de sangue da ponta do dedo. O método, implantado em 2005 pelo Ministério da Saúde, permite que em apenas meia hora o paciente faça o teste, conheça o resultado e receba o serviço de aconselhamento necessário. O teste é distribuído gratuitamente para unidades de saúde.

 Segundo o Ministério da Saúde, a realização do teste é recomendada para toda a população, especialmente para alguns grupos populacionais em situação de maior vulnerabilidade para a infecção pelo HIV, como homens que fazem sexo com homens (HSH), mulheres profissionais do sexo e usuários de drogas ilícitas. A Aids (Síndrome da Imunodeficiência Adquirida) é uma doença infecto-contagiosa causada pelo vírus HIV (Human Immunodeficiency Virus), que leva à perda progressiva da imunidade.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.