Publicidade
Manaus
Manaus

Números elevados: Testes rápidos ajudam à diagnosticar Casos de Aids

Em 2012 foram confirmados 783 casos de Aids no AM. Com aplicação desses testes os números cresceram, segundo médica infectologista Silvana Lima 05/04/2013 às 07:11
Show 1
Com apenas uma gota é possível fazer o diagnóstico de HIV/Aids em meia hora
carolina silva ---

O aumento da procura pelo teste rápido de HIV/Aids é um dos fatores que tem contribuído para o avanço no número de casos da doença diagnosticados no Amazonas. É o que afirma a médica infectologista Silvana Lima, da Coordenação Estadual de DST/Aids e Hepatites Virais. Segundo a coordenadora, de 2011 para 2012 houve um aumento de 200 casos no Estado. No ano passado foram confirmados 783 casos de Aids no Amazonas.

“Os números estão crescendo e é uma realidade do País. A testagem rápida tem influenciado no aumento no número de casos, embora muitas pessoas ainda tenham medo de saber que tem a doença, da rejeição e do preconceito. O teste rápido tem sido atrativo porque as pessoas sabem o resultado no mesmo dia”, explicou a médica.

Ela ainda ressalta que a Fundação de Medicina Tropical Doutor Heitor Vieira Dourado (FMT-HVD) hoje atende uma demanda acima da capacidade em relação aos testes rápidos de HIV/Aids. O Ministério da Saúde também confirma que o aumento do diagnóstico tem se refletido no crescimento da proporção de indivíduos HIV positivos que são identificados nas regiões Norte, Sul e Nordeste.

Os testes rápidos são realizados a partir da coleta de uma gota de sangue da ponta do dedo. O método, implantado em 2005 pelo Ministério da Saúde, permite que em apenas meia hora o paciente faça o teste, conheça o resultado e receba o serviço de aconselhamento necessário. O teste é distribuído gratuitamente para unidades de saúde.

 Segundo o Ministério da Saúde, a realização do teste é recomendada para toda a população, especialmente para alguns grupos populacionais em situação de maior vulnerabilidade para a infecção pelo HIV, como homens que fazem sexo com homens (HSH), mulheres profissionais do sexo e usuários de drogas ilícitas. A Aids (Síndrome da Imunodeficiência Adquirida) é uma doença infecto-contagiosa causada pelo vírus HIV (Human Immunodeficiency Virus), que leva à perda progressiva da imunidade.

Publicidade
Publicidade