Publicidade
Manaus
Manaus

Obra da segunda etapa da Ponta Negra está 35% concluída

Atualmente, os operários trabalham na construção de três quadras esportivas, nos banheiros da orla e na rampa que interligará a praia ao calçadão superior 12/05/2013 às 17:58
Show 1
O mirante 4, semelhante ao que foi entregue na primeira etapa da Ponta Negra, também terá sua obra iniciada neste período
acritica.com* Manaus, AM

A segunda etapa da Nova Ponta Negra está com 35% de suas obras concluídas. De acordo com o engenheiro residente da obra, Alessandro Rodrigues, da empresa Mosaico Engenharia e Comércio Ltda., e a engenheira fiscal Zilda Fernandes, da Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf), as intervenções no local seguem à risca o cronograma de ações, para que a área seja entregue no dia 24 de dezembro, segundo o compromisso do prefeito Arthur Virgílio Neto com a população de Manaus.

Atualmente, os operários trabalham na construção de três quadras esportivas, nos banheiros da orla e na rampa que interligará a praia ao calçadão superior. Paralelamente a estes serviços, as equipes da Mosaico Engenharia deram início a uma drenagem profunda para captação de águas pluviais. Na parte superior da Ponta Negra, a drenagem terá aproximadamente um quilômetro de extensão, enquanto na parte inferior, terá 400 metros.

A rampa, que terá 230 metros de comprimento até o calçadão, está 30% concluída, e será totalmente coberta com pedras portuguesas, tipo de revestimento de piso utilizado especialmente na pavimentação de passeios e dos espaços públicos de uma forma geral. A calçada portuguesa resulta do calcetamento com pedras de formato irregular, geralmente de calcário e basalto, que podem ser usadas para formar padrões decorativos pelo contraste entre as pedras de distintas cores.

Os banheiros também estão em fase de acabamento. As quadras, por sua vez, já tiveram os aterros finalizados. Em breve, os operários iniciarão a construção de base e posterior acabamento das mesmas. Os prazos de conclusão das obras dos banheiros e da rampa, segundo a equipe de engenharia, são de dois meses. As quadras deverão ser concluídas em três meses.

O mirante 4, semelhante ao que foi entregue na primeira etapa da Ponta Negra, também terá sua obra iniciada neste período. De acordo com a engenheira fiscal Zilda Fernandes, a Seminf tem trabalhado arduamente para que o local seja entregue à população com segurança. “Temos trabalhado muito para conseguir concluir este cronograma até dezembro”, afirma.

O engenheiro da Mosaico, Alessandro Rodrigues, ressalta que, além de proporcionar lazer às famílias, as obras da segunda etapa favorecerão ampla vista do Rio Negro. “As pessoas poderão ter uma linda visão do rio, a partir das obras do mirante e também da rampa e das quadras”, ressalta.

O subsecretário municipal de Obras Públicas da Seminf, Orlando Holanda, destaca que o aterro da segunda etapa da praia também será iniciado em breve. “Os trabalhos do aterro da praia, que estão paralisados, deverão ser reiniciados em junho próximo, também com previsão de entrega para dezembro”, diz.

A segunda etapa das obras da Ponta Negra custará R$ 27 milhões, financiados pela Corporação Andina de Fomento (CAF). O projeto contempla dois mirantes, uma torre de observação, dois restaurantes, três quadras de vôlei, 27 mil metros quadrados de calçadão interligado com a praia, praça de artesanato, banheiro, estacionamento, e uma rotatória com chafariz semelhante à que foi construída na primeira etapa, inaugurada em dezembro de 2010.

* Com informações da assessoria


Publicidade
Publicidade