Quarta-feira, 17 de Julho de 2019
Manaus

Obras de recuos para ônibus e vagas de estacionamento em praças dividem opiniões em Manaus

Enquanto uma parcela dos condutores manauenses afirma que as intervenções vão garantir melhor fluidez no trânsito, outra contesta essa garantia



1.gif As intervenções, que estão sendo realizadas também na praça Altair Nunes, complicam o trânsito durante as obras, mas pretendem aliviar os transtornos depois
10/07/2013 às 11:46

Em meio à polêmica, as intervenções que estão sendo realizadas nas praças Nossa Senhora de Nazaré e Altair Nunes, localizadas nas avenidas Mário Ypiranga Monteiro e Darcy Vargas, respectivamente, na Zona Centro-Sul, dividem opiniões dos motoristas.

Enquanto uma parcela dos condutores manauenses afirma que as intervenções vão garantir melhor fluidez no trânsito, principalmente em horários de pico, outra contesta essa garantia, pois afirma que são medidas de “curto prazo”.

A Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf) iniciou, no último final de semana, as obras de construção de 17 vagas de estacionamento para carros de passeio e motocicletas, além de baias para três coletivos, na praça Nossa Senhora de Nazaré, bairro Adrianópolis. Os moradores do entorno usaram as redes sociais para reclamar da intervenção.

Porém, alguns motoristas ouvidos por A CRÍTICA não se mostraram insatisfeitos e afirmaram que o trânsito da área deve fluir melhor quando a obra for concluída. Na opinião do analista de sistemas Luís Souza, 28, embora sejam poucas vagas de estacionamento, o número é  razoavelmente suficiente para evitar retenções.

O autônomo Raimundo Oliveira, 36, também disse que a intervenção vai dar mais fluidez em horários de pico, principalmente por conta das baias. “Os recuos para ônibus vão evitar congestionamento fora do horário de pico também. Pois às vezes o fluxo de veículos não está tão intenso mas há congestionamento por causa da parada de ônibus”, falou.

Para o funcionário público Samuel Nogueira, 29, as intervenções se tratam de medidas de curto prazo. Na opinião dele, a prefeitura deve pensar em projetos que garantam a fluidez do trânsito a longo prazo.

“Em relação aos ônibus, o corredor exclusivo é a solução mais viável para garantir a segurança dos passageiros e fluidez do trânsito, pois a frota de carros na cidade só tende a crescer com um sistema de transporte coletivo deficiente”.

A microempresária Rosana Fernandes, 34, também disse não estar satisfeita com a postura do poder público. “Não deveriam ter pensado isoladamente na fluidez do trânsito, mas na área como um todo e buscado soluções menos drásticas”.

Mudanças na avenida Darcy Vargas

Intervenções também estão sendo feitas na praça Altair Nunes, na avenida Darcy Vargas, conjunto Eldorado. De acordo com a Seminf, a obra é semelhante à da praça Nossa Senhora de Nazaré, mas no local não serão construídas vagas de estacionamento.

Segundo o órgão, as obras são resultado de estudos que visam melhorar o sistema viário e a segurança dos passageiros ao embarcar e desembarcar nos ônibus. Na praça serão construídas baias (recuos) para três ônibus, abrigo para os passageiros e calçada para pedestres com dois metros de largura.

A obra também tem dividido opiniões. Para o promotor de vendas Robson Almeida, 27, a obra só terá “efeito” se os motoristas dos ônibus usarem o recuo. “E isso muitas vezes não acontece”.

“Os recuos são uma solução que ameniza embora não acabe de vez o congestionamento”, disse a universitária Amanda Nobre, 25.

Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.