Publicidade
Manaus
Manaus

Obras feitas com material reciclado ganham destaque nas vitrines de shoppings de Manaus

Com muita criatividade, artistas plásticos da Zona Leste da cidade transformam o que iria para o lixo em arte sustentável 16/05/2015 às 13:37
Show 1
Visitantes podem desfrutar de objetos do Ecam confeccionados com reutilizáveis
oswaldo neto ---

CONFIRA VÍDEO AQUI 

A criatividade e a visão comercial dos artistas amazonenses invadiram os grandes centros. Isso porque quem circula pelo Uai Shopping São José, na Zona Leste, e no Manauara Shopping, na Zona Centro-Sul, pode, “sem querer”, esbarrar com belos abajures feitos com formas de ovos, ou poltronas criadas a partir de pneus de carros e motocicletas. O resultado é a divulgação do talento desses profissionais, além de olhares curiosos voltados para essas diferentes obras.

Papelão, garrafas PET, latinhas de alumínio e uma centena de objetos reutilizáveis se transformam em obras primorosas nas mãos de 11 artesãos que atualmente exibem seus trabalhos no Ecam do Uai Shopping. Os dois espaços são geridos pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas), em parceria com a Vara Especializada em Meio Ambiente e Questões Agrárias (Vemaqa).

De acordo com a responsável pelo Ecam no Uai Shopping, Leide Nogueira, o espaço funciona como uma vitrine para as criações dos artistas e, por conta disso, não pratica vendas diretas. “Cada obra tem uma identificação do contato do artista, onde as pessoas podem pedir e encomendar. Aqui apenas cuidamos da divulgação”, disse.

‘Obras primas’


Segundo a coordenadora, os objetos variam de preço. Ela exemplifica mostrando as criações mais comentadas no local de exposição: poltronas feitas com pneus de motos e carros. “Essas custam R$ 200, mas depende muito. Há diferentes formas de trabalhar o material que fazem o preço”, destacou.

Outra grande “atração” do Ecam está instalada intencionalmente na vitrine. É que, para os visitantes, o abajur de formas de ovos é tão bonito quanto luminárias de vidro vendidas em grandes estabelecimentos. “É lindo e se olhar rápido não dá para perceber que vem de coisas que vão pro lixo”, disse a estudante Marisol Loureiro, 19.


A aposentada Ediléia Cunha, 62, conta ser uma visitante assídua do Ecam. Para ela, as “exposições” revelam grandes talentos escondidos na Zona Leste da cidade. “Muita gente do ramo não tem oportunidade porque aqui há várias áreas pobres. É um ‘ganha-pão’ e essas pessoas podem mostrar a capacidade de criar coisas lindas”, contou.

Oficinas

Conforme a coordenação do Ecam, o local também funciona como centro de oficinas abertas aos visitantes, que também contempla estudantes. Nos dias 8, 9 e 10 de junho o espaço contará com aulas para a confecção do abajur de forma de ovos.

Quem quiser conhecer os Espaços da Cidadania Ambiental (Ecam) deve visitar o Uai Shopping São José, na Zona Leste, e o Manauara Shopping, na Zona Centro-Sul .

Oficinas a moradores da Zona Leste

De acordo com a Semmas, vários cursos devem ser realizados até o fim do ano no Ecam do Uai Shopping. O órgão explica que todas as aulas são voltadas para moradores da Zona Leste da cidade, os quais recebem certificados e podem multiplicar os conhecimentos em suas respectivas áreas.

Moradora do bairro Val Paraíso, Rosigleide da Silva Pereira, 51, ficou entusiasmada com o resultado de uma oficina na qual ela participou em fevereiro deste ano. Na ocasião, ela aprendeu a produzir puffs a base de garrafas pets. “Consegui terminar o meu puff com garrafas pet que juntei em casa e também dos meus vizinhos. Agora, esse tipo de resíduo não vai mais para o lixo na nossa comunidade”, disse ela.

Os interessados em participar podem ligar para a Divisão de Educação Ambiental (DIEA) pelo 3236-8587.


Publicidade
Publicidade