Publicidade
Manaus
CHUVAS

Oito ocorrências são registradas durante chuva desta quarta-feira em Manaus

Uma das ocorrências foi registrada na rua Amazonas, bairro Jorge Teixeira, Zona Leste de Manaus, onde foi identificado deslizamento de terra 30/03/2016 às 14:28
Show portal
Segundo informações da Defesa Civil, as equipes de técnicos do órgão estão nas ruas para atender as ocorrências (Foto: Antonio Menezes)
MARCELA MORAES MANAUS

Devido às chuvas ocorridas desde a madrugada desta quarta-feira (30), até as 12h oito ocorrências foram registradas pelo disque emergência da Defesa Civil. Uma delas ocorreu na rua Amazonas, bairro Jorge Teixeira, Zona Leste de Manaus, onde foi identificado deslizamento de terra.

A dona de casa Francilene Almeida, 33, conta que por volta das 4h da manhã ouviu um forte barulho no fundo da casa e foi verificar do que se tratava.

"O barro já tinha descido todo para a porta da minha casa, desde lá não dormimos mais, ficamos com medo que algo pior acontecesse", disse.

Moradora do bairro há dois anos, Francilene conta que não tem outro lugar para morar e todas as vezes que chove precisa conviver com o medo de deslizamento de terras atrás de sua casa.

Outra pessoa que teve a casa atingida foi Sandra Silva, de 35 anos, que mora na rua Zero na comunidade Cidade Alta, bairro Jorge Texeira, Zona Leste. Segundo ela, a casa ficou completamente alagada por conta da chuva.

"A água que vem das ruas de cima escorrem para minha casa, toda vez que chove a história se repete. Os bueiros são entupidos por isso a água acaba invadindo as casas", reclamou.

Além dessa, foram registradas também ocorrências de risco de deslizamento de barranco na rua Abel, Comunidade Nossa Senhora de Fátima e na rua Chilena, Loteamento Gustavo Nascimento.

Segundo informações da Defesa Civil, as equipes de técnicos do órgão estão nas ruas para atender as ocorrências. Nos locais as equipes realizam avaliações das situações dos locais. Caso haja problema de estruturas nos terrenos (deslizamentos) estes são encaminhados para a Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf) ou se for necessários retirar as famílias dos locais, os casos são encaminhados para a Secretaria Municipal de Assistência Social e Direitos Humanos (Semasdh).

Publicidade
Publicidade