Quinta-feira, 18 de Julho de 2019
Manaus

Operação ‘Centro Seguro’ é realizada nesta sexta-feira (2) em Manaus

De acordo com a delegacia da Seccional Sul, durante as investigações através das câmeras de monitoramento do Ciops, foi possível verificar que muitos hotéis do Centro funcionam como ponto de preparo e venda de drogas e local de prostituição



1.jpg Operação ‘Centro Seguro’ é realizada nesta sexta-feira (2) em Manaus
02/08/2013 às 11:23

Com o objetivo combater irregularidades na área do Centro de Manaus, a operação ‘Centro Seguro’ foi deflagrada na madrugada desta sexta-feira (2) para fiscalizar os hotéis na cidade.

Após quatro meses de investigação, a operação realizada nesta manhã foi coordenada pela Polícia Civil e Secretaria Extraordinária do Centro de Manaus, além de envolver mais 30 órgãos do governo do Estado e Prefeitura, além do Ministério Público do Estado (MPE), Polícia Federal, Polícia Militar, Amazonas Energia, Manaus Ambiental e empresas de comercialização de sinal de televisão a cabo.

De acordo com Márcia Araújo, titular da delegacia Seccional Sul, durante as investigações através das câmeras de monitoramento do Centro Integrado de Operações de Segurança (Ciops), foi possível verificar que muitos hotéis da área funcionam como ponto de preparo e venda de drogas, local de prostituição, além de servirem de abrigo para moradores de rua.

“Num primeiro momento muitas pessoas foram encontradas sem documentos de identificação. Alguns locais não oferecem condições de segurança para os usuários e podem ser lacrados”, ressaltou a delegada.

A operação foi acompanhada pelo Prefeito de Manaus, Artur Neto. Nas primeiras horas um detento da fuga do Ipat foi recapturado e cinco envolvidos com tráfico de drogas presos.

Material para refino de drogas em Hotel

Uma equipe da Polícia Civil encontrou materiais utilizados para o refino de entorpecentes dentro das dependências da Pousada Rio Negro, localizada na rua Quintino Bocaiúva, Zona Sul de Manaus. De acordo com a polícia, drogas não foram encontradas durante a operação.

Durante a ação, 15 menores de idades estavam dentro de hotéis e pousadas e foram encaminhadas ao Serviço de Acolhimento Institucional Emergencial (SAIE).

Balanço da operação

O balanço geral da operação apontou que 48 pessoas foram flagradas e notificadas, por estarem morando nesses estabelecimentos comerciais que deveriam trabalhar apenas com locação temporária. Destas, vinte eram estrangeiros, entre colombianos e venezuelanos, sendo que dois deles foram detidos por falsificação.

Dezoito hotéis e pousadas foram vistoriados pelas equipes, sendo que oito foram autuados, oito lacrados e mais dois estavam em situação regular pelos órgãos de fiscalização municipal. A polícia fez a detenção de 19 pessoas por suspeita de envolvimento com o tráfico de drogas, exploração sexual e outros crimes. Os suspeitos serão ouvidos pela polícia na sede da Seccional-Sul, ainda nesta sexta-feira (2).

Veja galeria de fotos aqui e o vídeo da investigação aqui


Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.