FERIADO PROLONGADO

Operação 'Semana da Pátria' intensifica fiscalização em rodovias do AM

Fiscalização da Arsam contará com apoio do Detran, Batalhão de Trânsito e Juizado da Infância e da Juventude Infracional, de quarta-feira (4) a domingo (8)

Portal A Crítica
03/09/2019 às 19:23.
Atualizado em 11/03/2022 às 00:48

(Foto: Divulgação/Arsam)

A Agência Reguladora dos Serviços Públicos Concedidos do Amazonas (Arsam) deve realiza, a partir desta quarta-feira (4), a fiscalização intensiva dos veículos que realizam o transporte rodoviário intermunicipal no Amazonas. A Operação “Semana da Pátria”, se estende até o domingo (8), com o objetivo de minimizar o fluxo de veículos clandestinos nas rodovias da Região Metropolitana de Manaus (RMM) durante o feriado prolongado.

A Operação visa garantir a segurança dos passageiros que desejam aproveitar o feriado fora da capital, bem como no município de Itacoatiara (269,9 quilômetros de Manaus), que realizará de 4 a 7 de setembro a 34° edição do Festival de Canção de Itacoatiara (Fecani).

Durante os cinco dias de fiscalização, a Arsam contará com o apoio do Departamento Estadual de Trânsito do Amazonas (Detran-AM), Batalhão de Policiamento de Trânsito (BPTran) e Juizado da Infância e da Juventude Infracional.

As fiscalizações se concentrar no Terminal Rodoviário Engenheiro Huascar Angelim (Manaus), Ponte Jornalista Phellipe Daou (Ponte Rio Negro), bem como no entroncamento das rodovias AM-010 e BR-174 (barreira de policiamento) e KM 30 da AM-010, onde a fiscalização será dobrada devido a rodovia dar acesso ao município de Itacoatiara.

Durante as abordagens será conferido se o veículo possui o cadastro com o selo expedido pela agência reguladora. Também será conferido itens de segurança, como a lotação dos veículos, o uso de cinto de segurança, as condições dos pneus, a documentação obrigatória, a pontualidade de horários de embarque e desembarque dos ônibus, a parada obrigatória programada a cada 45 quilômetros para os veículos que não possuem banheiro e se os direitos à gratuidade de idosos, e demais pessoas amparadas por lei, estão sendo respeitados.

A fiscalização é necessária para coibir o transporte irregular ou clandestino de passageiros e garantir a segurança dos usuários, além também de organizar o serviço de fretamento realizado por táxis, vans, ônibus e micro-ônibus. A Arsam possui um canal para atendimento de denúncias: 0800 280 8585 e 98408-1799.

Assuntos
Compartilhar
Sobre o Portal A Crítica
No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.
© Copyright 2022Portal A Crítica.Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por
Distribuído por