Sábado, 24 de Julho de 2021
APREENSÕES

Operações terminam com sete presos em flagrante e drogas apreendidas no Aeroporto de Manaus

Equipes da Receita Federal encontraram malas cheias com drogas como maconha, oxi, metanfetamina, entre outros entorpecentes



c093e590-c17f-4f60-8d1e-577efc0ff4c6_78C61EBF-4901-4797-8737-A5B94218BB76.jpg Foto: Divulgação
05/03/2021 às 14:39

Sete pessoas foram presas em flagrante e drogas apreendidas durante operações feitas pelo Serviço de Vigilância e Repressão ao Contrabando e Descaminho (SEREP) da Alfândega do Porto de Manaus no aeroporto internacional Eduardo Gomes em Manaus durante operações de fiscalização realizadas no mês de fevereiro. Elas tentavam embarcar para outros estados levando substâncias entorpecentes nos Deus corpos e bagagens.

O balanço das ações do SEREP foi divulgado hoje pela assessoria de comunicação do órgão. De acordo com a assessoria foram feitas 19 operações de fiscalização no Aeroporto Internacional Eduardo Gomes e no Centro de Tratamento de Cartas e Encomendas (CTCE/AM), que resultaram na apreensão de 46 quilos de Skunk e diversas drogas e substâncias ilícitas, de lança perfume até sementes de maconha.



Além das sete prisões, nos recintos alfandegados do aeroporto, o foco das operações foi o combate ao tráfico de entorpecentes e outros ilícitos e contou com a utilizando a Equipe K9 da Receita Federal em Manaus, com atuação do agente canino Odin

Os procedimentos de fiscalização e controle aduaneiro foram realizados nas esteiras e carretas de malas despachadas, bagagens de mão, pré check-In, fila de embarque, sala de embarque e na cabine dos passageiros, após o embarque.

Foram apreendidas malas com Skunk, despachadas por passageiras com destino Guarulhos/SP. A droga estava em três malas e a somatória foi de 32 quilos. No dia 23 foram apreendidos 7,148 quilos de Skunk foram apreendidos na bagagem de mão e no corpo de passageiros, sendo dois na sala de embarque para Brasília e dois que estavam na cabine de passageiros do avião que tinha como destino Viracopos em São Paulo.

No Centro de Tratamento de Cartas e Encomendas (CTCE/AM) o SEREP realizou 12 operações de fiscalização e controle aduaneiro. Para a identificação de encomendas suspeitas foram utilizados o aparelho Scanner fixo dos Correios e as Equipes K9 da Receita Federal em Manaus, com os agentes caninos Odin e Deco. 56 encomendas foram apreendidas por conterem drogas e substâncias ilícitas.

Chamou atenção das Equipes da Receita Federal o fato de que das 27 encomendas contendo Skunk, saindo de Manaus para outras cidades do país, 16 eram do mesmo remetente e estavam acondicionadas em bombas utilizadas para encher colchões infláveis. As demais drogas apreendidas estavam escondidas em diversos objetos de higiene pessoal, brinquedos, tênis e produtos alimentícios.

Os totais de drogas apreendidas nos Correios durante o mês de fevereiro, saindo de Manaus, foram: 324g de Metanfetamina e 6,9kg de Skunk. Entrando em Manaus os totais foram: 840 ml de Canabidiol, 165 comprimidos de Ecstasy, 55 g de Haxixe, 207 frascos de Lança Perfume, 31 grama de maconha e 77 sementes de maconha.

A Receita Federal do Brasil informa à sociedade que permanece, mesmo durante a pandemia de Covid-19, realizando normalmente suas ações de combate ao contrabando e descaminho na cidade de Manaus.

Repórter de A Crítica

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.