Publicidade
Manaus
Manaus

Órgãos de Segurança detalham operação integrada para eventos do Carnaval 2016

De acordo com o titular da SSP-AM, Sérgio Fontes, o plano Tático Integrado de Segurança (PTI) contará 3 mil servidores, entre policiais e agentes públicos 05/02/2016 às 18:59
Show 1
Segundo o CICC, o maior efetivo será empregado nos eventos realizados no Sambódromo
ACRITICA.COM Manaus (AM)

Órgãos do Sistema de Segurança Pública do Amazonas (Polícias Civil e Militar, Corpo de Bombeiros, Departamento Estadual de Trânsito e Secretaria de Segurança Pública) detalharam nesta sexta-feira (5) as ações integradas voltadas para o Carnaval 2016.

De acordo com o secretário de Segurança Pública do Amazonas, Sérgio Fontes, o plano Tático Integrado de Segurança (PTI) que será aplicado na operação ‘Carnaval 2016’ conta com a participação direta de, aproximadamente, 3 mil servidores, entre policiais e agentes públicos de órgãos estaduais e municipais. As ações visam garantir a segurança da população em geral e do público dos eventos carnavalescos.

No Sambódromo, Dom Pedro, zona Centro-Sul, a SSP-AM instalou o Centro Integrado de Comando e Controle Local (CICC-AM), que reunirá todos os órgãos envolvidos nos eventos, desde o desfile das escolas do grupo especial, ‘Bloco das Piranhas’, encerrando com a programação do ‘Carnaboi’. No sábado, ao todo, cerca de 1.000 servidores irão atuar nas ações de segurança.

O CICC reúne representantes dos órgãos do sistema de segurança que atuam de forma integrada para garantir pronta resposta no caso de alguma eventualidade.

A plataforma de Observação Elevada (POE) reforça a atuação dos órgãos por meio da supervisão da movimentação do local. Câmeras de segurança foram colocadas em posição estratégica para monitorar o perímetro de segurança no centro de convenções.

Todas as ações serão acompanhadas pelo Centro Integrado de Comando e Controle do Amazonas (CICC-AM) da SSP-AM. O maior efetivo será empregado nos eventos realizados no Centro de Convenções, Sambódromo, no Dom Pedro, zona centro-oeste de Manaus, como o Desfile das Escolas de Samba.

“O grande diferencial da Central Integrada de Fiscalização é a tomada de decisão rápida para as irregularidades e problemas que forem constatados, graças à presença de todos os órgãos juntos. Se houver necessidade de interdição do evento, por exemplo, os órgãos da prefeitura já estarão no local”, explicou o secretário de Segurança Pública, Sérgio Fontes.

Polícia Militar

A Polícia Militar do Amazonas (PMAM) atuará no policiamento ostensivo do local e arredores, assim como nas demais áreas onde ocorrerem eventos durante o período.

Além do patrulhamento convencional, também será realizado um policiamento especializado, cotando com equipes do Esquadrão Antibombas, da Tropa de Choque, Comando de Operações Especiais (COE) e o Grupamento de Manejo de Artefatos Explosivos (MARTE), segundo informou o comandante-geral da PM, cel. James Frota. “O objetivo maior é garantir uma festa tranquila aos brincantes”, disse.

Polícia Civil

A Polícia Civil do Amazonas vai reforçar as equipes das delegacias localizadas nas proximidades do Sambódromo. Componentes do Grupo Força Especial de Resgate e Assalto (Fera) também poderão ser acionados em casos de eventualidades.

Segundo o delegado-geral, Raimundo Acioly, todas as ações serão acompanhadas de perto. “Além do 10º DIP, que a delegacia responsável pela área, dentro do sambódromo, um equipe especial estará a postos junto à base do Centro Integrado de Comando e Controle para atender a todas as demandas de polícia judiciária”, afirmou.

Corpo de Bombeiros

O Corpo de Bombeiros contará com efetivo de 40 bombeiros em cada uma das duas primeiras noites dos desfiles de Carnaval e nos demais eventos no local.

“Também teremos um ponto-base montado perto do Sambódromo, para atender todas as possíveis ocorrências”, afirmou o comandante-geral do Corpo de Bombeiros, coronel Fernando Sérgio.

Detran-AM

O Departamento Estadual de Trânsito, Detran-AM, que deu início à campanha ‘Carnaval 2016’, vai realizar blitze permanentes de fiscalização da ‘Lei Seca’, em parceria com o Batalhão de Trânsito da Polícia Militar.

Até quarta-feira de Cinzas também estará em vigor o ‘Disque-Pileque’, uma parceria entre o Detran-AM e a Associação dos Condutores de Ambulância do Amazonas. Os socorristas receberão as chamadas por meio do telefone 3642-6708.

De acordo com o diretor-presidente do Detran-AM, Leonel Feitoza, a população poderá contar com serviço de táxi à preços especiais durante esse período.

“Todas as ações estão voltadas à preservação da vida, por isso em parceria com as associações de radiotáxi Tucuxi, Parintins, Golfinho e Tocantins vão ser oferecidos valores diferenciados para aqueles que solicitarem o serviço e evitarem assim a embriaguez ao volante”, informou Leonel.

Publicidade
Publicidade