Publicidade
Manaus
SERVIÇO

PAC realiza emissão de documentos para vítimas de incêndio no Educandos

Serviço deve agilizar o cadastramento das famílias no programa Crédito Solidário. Cerca de 120 pessoas receberam atendimentos durante a programação 10/03/2019 às 16:31
Show pac 3f884648 4d3c 44ae aa18 225f2768f7e8
Foto: Divulgação
acritica.com Manaus (AM)

O projeto “PAC em Movimento” realizou nesse sábado (9) a emissão de documentos para vítimas do incêndio ocorrido no bairro Educandos, Zona Sul de Manaus. Na próxima quarta-feira (13), o Governo do Amazonas, por meio da parceria entre órgãos, fará o cadastramento das famílias no programa Crédito Solidário. 

Serviços de orientação, emissão de carteiras de identidade e certidões de nascimento e casamento foram realizados na Unidade de Pronto Atendimento ao Cidadão (PAC) do Educandos.

Na ocasião, a Sejusc e o Fundo de Promoção Social e Erradicação da Pobreza (FPS), em parceria com a Agência de Fomento do Estado do Amazonas (Afeam), apresentaram propostas de inserção das famílias no Programa Crédito Solidário. 

Cerca de 120 pessoas receberam atendimentos durante a programação, que contou com a emissão 67 carteiras de identidade, além dos serviços de orientação, agendamentos e emissão de 22 vias de certidões de nascimento e casamento. 

Segundo a secretária da Sejusc, Caroline Braz, a emissão de documentos agilizará o cadastramento das vítimas do incêndio no programa Crédito Solidário, do FPS. 

“Essa parceria é muito importante, pois, sob a orientação do governador Wilson Lima, buscamos solucionar problemas da população afetada pelo incêndio. Para que isso ocorra, abrimos o PAC neste sábado para agilizar a emissão e documentos dessas pessoas e possibilitar o cadastro delas no Programa Crédito Solidário, do FPS", afirmou a secretária. "Dessa forma, elas terão a oportunidade de reorganizar suas vidas e obter renda a partir de seu próprio negócio”. 

Crédito Solidário

O Programa Crédito Solidário possibilita o acesso ao crédito de forma desburocratizada à população, visando a geração de renda e melhoria na qualidade de vida das pessoas afetadas no incêndio. Para a titular do FPS, Kathelen Santos,  o intuito é inserir as pessoas de volta ao mercado.  

“A nossa meta principal é oferecer condições para que essas pessoas sejam inseridas novamente no mercado de trabalho e o FPS consegue entrar nessa parceria com a  Sejusc e Afeam através do Crédito Solidário", disse. "Nesta ação, podemos salientar que o Governo do Estado está, de fato, preocupado com as demandas da população”. 

Publicidade
Publicidade