Quarta-feira, 11 de Dezembro de 2019
LIGAÇÃO COM O CRIME

Padrasto de jovem morto em assalto diz que um dos suspeitos é ex-funcionário

Suspeito teria ficado do lado de fora para auxiliar na fuga do bando. Caso será investigado pela Polícia Civil



dario.jpg Dario Henrique é apontado como um dos suspeitos do crime (Foto: Divulgação)
08/08/2017 às 17:22

O padrasto do adolescente Thales Josafá Silva, de 17 anos, morto a tiros após um assalto na Colônia Santo Antônio, contou que um dos suspeitos do crime, identificado como Dario Henrique Lima Lira, é ex-funcionário de sua loja. O caso segue sob investigação pela Polícia Civil.

O padrasto da vítima, o empresário Sidney Silva, 49, afirmou que identificou um dos suspeitos que ajudou na ação criminosa. Sidney contou que ele e a esposa foram abordados por quatro homens ao abrirem o portão da residência.



De acordo com a polícia, dois suspeitos teriam levado o adolescente para o andar de cima em busca de um cofre, porém não havia dinheiro, e por isso, começaram a agredir os familiares. A moto da vítima, uma Honda XR300 foi roubada pelo grupo. 

Segundo o padrasto de Thales, três homens teriam entrado na casa, e Dario, reconhecido por ele nas câmaras, ficou do lado de fora. "Quando eles foram embora, fui junto com o Thales de carro atrás dele. Chegamos na rua sem saída e saímos do carro. Depois ouvi os disparos e o vi caído baleado", disse.

Thales foi atingido por três tiros nas costas e foi encaminhado ao SPA do Galileia, onde faleceu.

O caso foi registrado no 6º Distrito Integrado de Polícia (DIP) e transferido para o 18º DIP. A Polícia Civil deve investigar o caso como latrocínio por meio da Delegacia Especializada em Roubos e Furtos (Derfd).


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.