Publicidade
Manaus
Manaus

Padre impede fiéis de Santa Luzia de entrarem em igreja e chama a polícia para conter confusão

Fiéis afirmam que padre não permitiu entrada de 200 devotos. Tumulto teria começado porque a comunidade não aceitou a mudança que o padre propôs em relação ao horário da procissão, realizada há mais de 20 anos às 17h. 13/12/2014 às 22:56
Show 1
Polícia foi chamada para conter confusão em frente à Paróquia de Santa Luzia, Zona Sul de Manaus. O padre não permitiu que os fiéis entrassem no local para rezar.
Luana Carvalho ---

A Polícia Militar foi acionada, no início da noite deste sábado (13) para conter uma confusão em frente à Paróquia de Santa Luzia, na Zona Sul de Manaus. De acordo com os fiéis, o padre da igreja não permitiu que aproximadamente 200 devotos entrassem no local para rezar. A confusão começou porque a comunidade não aceitou a mudança que o padre propôs em relação ao horário da procissão, realizada há mais de 20 anos às 17h.

Uma internauta que estava na procissão postou uma mensagem no Facebook relatando o ocorrido. Quem estava do lado de dentro da igreja não teve como sair, uma vez que a PM fez uma barreira na porta da capela, impedindo a entrada e saída dos fiéis. Segundo a internauta, a maioria das pessoas que estavam na procissão eram idosos. 


“Maior confusão na procissão de Santa Luzia. O padre Ivan, contra a vontade da comunidade mudou o horário da procissão para às 5h da manhã. Por vontade do povo e descumprindo as ordens do padre, hoje às 17h a procissão saiu e agora, ao retornarmos pra frente da igreja, o padre trancou as portas e quem está dentro não sai e quem está fora não entra pra rezar", relatou a devota em sua rede social. 

Ela informou, ainda, que foi o padre quem chamou a polícia para impedir que os fiéis entrassem na igreja. Algumas pessoas que ficaram do lado de dentro da capela começaram a sair por volta das 19h30. 

Publicidade
Publicidade