Publicidade
Manaus
EXAMES EM BEBÊ

Pais de bebê nascido em casa relatam dificuldades para realizar exames na criança

Conforme o pai, ao chegarem no Instituto da Mulher Dona Lindu, a atendente explicou que a criança não poderia passar por exames por ter nascido em casa 27/07/2017 às 10:50
Show 349343
(Foto: Euzivaldo Queiroz)
acritica.com Manaus (AM)

O microempresário Jefferson Negrão e a esposa Larissa Afonso tiveram dificuldades para realizar os exames de rotina no Instituto da Mulher dona Lindu, Zona Centro-Sul, da filha que nasceu em casa. O parto domiciliar foi de escolha do casal.

Conforme Jefferson, quando eles chegaram na unidade a atendente explicou que a criança não poderia passar pelos exames do pré-natal no instituto por ter nascido em casa. Jefferson questionou o posicionamento do instituto e procurou a enfermeira chefe. Após espera e a insistência do pai, a filha do casal passou por todos os exames e aguarda pelos resultados. Preocupados com outros casais que possam a vir passar pelo mesmo problema, o casal resolveu relatar o ocorrido.

A Secretaria Estadual de Saúde (Susam) informou que incentivo ao parto natural faz parte das ações desenvolvidas pela secretaria e conta com ações educativas realizadas com os profissionais das maternidades para que os mesmos sejam parceiros das mulheres que optam por esse tipo de parto.

No entanto, por ser uma ação relativamente nova e que ainda não faz parte da rotina de atendimento nas maternidades, esse tipo de atendimento ainda está passando por ajustes.

A direção do Instituto da Mulher Dona Lindu ressaltou que irá reforça junto aos profissionais que trabalham na unidade as rotinas de procedimento que devem ser tomadas nestes casos a fim de garantir a qualidade do atendimento ao binômio mãe e bebê, em todos os casos.

Publicidade
Publicidade