Publicidade
Manaus
EDUCAÇÃO

Pais e professores denunciam problemas estruturais em escola da Zona Leste

Conforme as denúncias, os alunos estão sendo prejudicados diariamente com a falta de material escolar, falta de segurança, salas com goteiras, cadeiras quebradas, entre outros 08/10/2017 às 11:37 - Atualizado em 08/10/2017 às 11:59
Show col gio 123
Fotos: Euzivaldo Queiroz
Álik Menezes Manaus (AM)

Pais de alunos e professores da Escola Municipal  Roberto Santos Vieira, localizada na rua Gergelim, bairro João Paulo, Zona Leste, denunciam uma série de problemas e relatam que os alunos estão sendo prejudicados diariamente com a falta de material escolar, roubos de cabos elétricos, falta de segurança,  salas com goteiras, cadeiras quebradas e até atraso na entrega do material didático.

Um pai de dois alunos do ensino fundamental, de 40 anos, que pediu para não ser identificado, denunciou que a escola foi furtada por criminosos da comunidade pelo menos três vezes este ano e, após os furtos, os alunos têm as aulas prejudicadas. Na semana passada, os alunos foram liberados todos os dias antes do horário porque a escola estava sem energia, após o furto de cabos. O problema foi resolvido, mas os pais e alunos afirmam que se tornou rotina porque a escola não tem vigia e a insegurança põe em risco a vida dos alunos dos turnos matutino e vespertino na escola.


Local onde os alunos fazem refeições está infestado por pombos

Segundo os pais, alunos e professores, que pediram para não terem os nomes divulgados, a falta de estrutura da escola prejudica o aprendizado dos alunos. Conforme as denúncias, os banheiros da escola estão depredados e têm mau odor, as salas alagam quando chove por conta de goteiras, os alunos precisam levar água de casa porque há infestação de pombos na escola, que podem contaminar os bebedouros porque voam livremente. Além disso, a unidade escolar não tem iluminação adequada e, em alguns ambientes, não há sequer lâmpadas, o que pode facilitar a ação de criminosos durante a noite.

Sem fardas nem livros

Outros problemas relatados pelos pais são com relação ao fardamento e os livros. Alguns alunos não receberam fardas e  até ontem não haviam recebido os livros. Para a dona de casa Ana Cristina de Souza, 49, tanto os alunos quanto os funcionários sofrem com o descaso da prefeitura com a escola. “Há quatro anos essa escola era muito boa, as antigas diretoras sabiam trabalhar, buscavam melhorias para a escola e respeitavam os pais e os alunos, essa mulher que está aí se acha superior a todos nós porque moramos em bairro humilde”, desabafou.

Educação física

A falta de estrutura prejudica também as aulas de educação física. Os alunos do turno vespertino fazem aulas  em um campo improvisado por moradores ao lado da escola, sofrendo com o calor e a sujeira. Os pais alegam até que tentaram dialogar com a gestora, mas foram completamente ignorados por ela.


Aulas de educação física acontecem em um campo improvisado ao lado da escola

Diretora denunciada

Além de problemas estruturais, os pais de alunos fizeram críticas à conduta da diretora da escola, que trabalha lá há cerca de 4 anos. Segundo a recepcionista Karen Cristina Costa, 25, há alguns dias ela foi ameaçada pela diretora da escola. “Minha filha estuda em dois locais. Acho que quando ela soube não gostou e começou a nos perseguir para tirar a minha filha da escola, começou a dizer que ela dormia na escola e inventar outras coisas. Ela disse que ia chamar o Conselho Tutelar para ir na minha casa. Essa mulher persegue e ameaça as pessoas que não concordam com as atitudes dela”, afirmou.

Outra mãe de aluno, uma dona de casa 47 anos, que pediu para não se identificada, contou que a gestora da escola é “grossa” com pais e não respeita os alunos. Ela disse que os pais não podem nem acompanhar os filhos na entrada e até teme como a diretora trata os filhos longe das vistas dos pais. Segundo ela, recentemente, a gestora não deixou uma adolescente ir para casa trocar de roupa após mestruar e a jovem foi alvo bullying por vários dias e quase abandonou a escola.

Publicidade
Publicidade