Publicidade
Manaus
Manaus

Para impedir fraudes, urnas para eleição dos conselheiros tutelares de Manaus são lacradas

O lacre das urnas é um dos pontos fundamentais para impedir fraudes na votação, que foi suspensa e remarcada este ano após vários problemas. A eleição ocorre domingo 21/11/2015 às 10:47
Show 1
Lacre das urnas impede fraude nas eleições para conselheiros tutelares
Silane Souza Manaus

As urnas que serão usadas na eleição de Conselheiros Tutelares de Manaus começaram a ser lacradas na manhã deste sábado (21) pelo Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA) e pela Secretaria Municipal da Mulher, Assistência Social e Direitos Humanos (Semmasdh).

A eleição do Conselho Tutelar acontecerá nesse domingo (22) de 8h às 17h. O lacre das urnas ocorre na sede da Casa Militar, na avenida Padre Agostinho Caballero, bairro Compensa I, Zona Oeste, e é necessário para impedir fraudes na votação. O lacre é acompanhado por candidatos ao cargo de conselheiro tutelar e deve ir até as 14h.

Ao todo, 143 escolas, sendo 86 municipais, 55 estaduais, uma federal e o Parque Municipal do Idoso, estão aptas como locais de votação para a nova eleição, que elegerá 45 conselheiros tutelares e 45 suplentes, os quais serão distribuídos entre as nove Zonas Eleitorais da cidade. O endereço de cada uma dessas instituições pode ser conferido na internet e pelo telefone 0800-092-6644.

A promotora da infância e juventude do MPE-AM, Lilian Stone, declarou que todos estão interessados que a eleição transcorra de maneira limpa para que não corra um novo risco de ser anulada. “Nós não temos mais tempo hábil para isso, então, temos que trabalhar todos na seriedade tanto os candidatos quanto as pessoas que vão ajudar na fiscalização e as pessoas que vão votar”, destacou.


Foto: Antônio Lima

Lilian informou que os problemas que foram detectados na eleição passada foram todos colocados num relatório e passados para o CMDCA. Ela disse que tem certeza absoluta que nenhum dos erros encontrados no pleito anterior vai ser encontrado nesse. “Acredito que está todo mundo de acordo e empenhado em fazer uma eleição legal para que as pessoas possam realmente manifestar nas urnas o desejos delas de terem aqueles conselheiros como seus representantes”, finalizou.

A presidente do CMDCA, Gecilda Albano, afirmou que espera que este domingo seja um dia coroado de êxito. “Estamos com 143 locais de votação distribuídos em todas as Zonas Geográficas, inclusive no Rio Solimões, Negro, BR-174 e AM-010. Os endereços estão no portal da prefeitura e também no 0800-092-6644, uma central que nós estamos 24h para orientar o eleitor que não sabe a localização do seu endereço eleitoral”, enfatizou.

A nova eleição para os cargos de conselheiros tutelares é realizado quase dois meses após as Eleições Unificadas para o Conselho Tutelar, que ocorreram no dia 4 de outubro, em todo o País. Todavia, na capital amazonense, o pleito foi anulado em virtude de vários problemas constatados durante a votação, entre eles, colégios eleitorais fechados e nomes de eleitores fora das listas de votação.

Publicidade
Publicidade