Sexta-feira, 26 de Abril de 2019
publicidade
_ndice.jpg
(Foto: Alik Menezes)
publicidade
publicidade

PARADA

Parada de ônibus em frente ao local onde pista cedeu na Torquato Tapajós é retirada

Segundo a SMTU, a parada começou a ser removida na manhã desta sexta-feira e transferida para alguns metros antes


07/04/2017 às 14:40

A parada de ônibus localizada em frente ao local onde a pista cedeu na Torquato Tapajós na última quarta-feira será transferida de lugar. Segundo a Superintendência de Municipal de Transportes Urbanos (SMTU), a parada começou a ser removida na manhã desta sexta-feira e transferida para alguns metros antes do antigo local, nas proximidades da empresa Granero.

“Placas informativas aos passageiros que seguem pela Torquato Tapajós, sentido centro-bairro, vindos do Centro e pelas avenidas Djalma Batista, Constantino Nery e Mário Ypiranga (antiga Recife) serão instaladas pela SMTU para melhor orientar à população”, afirmou a assessoria da superintendência em nota.

Ainda na manhã desta sexta-feira o trânsito de veículos voltou a ser liberado após a conclusão parcial da obra.

publicidade

Cratera após chuva

Após o asfalto ceder, um buraco de grande dimensão abriu na Avenida Torquato Tapajós, no sentido Centro/bairro, na última quarta-feira (5), que foi considerada pelo Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) o dia mais chuvoso do ano.

Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf) relatou que devido a forte chuva, o tubo armco que recebe as águas pluviais, no trecho da Avenida Torquato Tapajós, sentido centro-bairro, rompeu, ocasionando um afundamento no pavimento da pista.

publicidade
publicidade
Mais de 400 panes por mês ocorrem em coletivos de Manaus, apontam dados da SMTU
Comissão vai inspecionar passarelas de Manaus e edificações da Torquato Tapajós
publicidade
publicidade
publicidade
publicidade

publicidade
publicidade

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.