Quarta-feira, 21 de Outubro de 2020
tráfego

Paradas de ônibus mudam de lugar durante obras de estações de transferência

Durante a desativação temporária, os ônibus mantêm o trajeto normal nessas avenidas e vão atender os passageiros em paradas da faixa à direita



obras_2_75FCBE89-ECF7-4F77-BAF9-EA999AFA1C1B.JPG Foto: Divulgação / Prefeitura de Manaus
14/07/2020 às 19:06

A partir desta quarta-feira (15), sete plataformas para atendimento ao transporte coletivo situadas no canteiro central das avenidas Constantino Nery, Torquato Tapajós e Max Teixeira serão desativadas para o avanço das obras das novas estações de transferência, que integram as ações da Prefeitura de Manaus para reestruturação do sistema. Durante a desativação temporária, os ônibus mantêm o trajeto normal nessas avenidas e vão atender os passageiros em paradas da faixa à direita.

De acordo com o diretor-presidente do Instituto Municipal de Mobilidade Urbana (IMMU), Francisco Bezerra, a transferência temporária das paradas é necessária para a melhoria da mobilidade urbana na cidade. 



Serão desativadas as plataformas centrais em frente à Arena da Amazônia, nas proximidades do conjunto Santos Dumont e em frente à antiga empresa Philips. Na avenida Max Teixeira, também serão interditadas quatro plataformas situadas no trecho entre a avenida Torquato Tapajós e avenida Francisco Queiroz, via principal de acesso para o conjunto Manoa.

As estações Arena, Santos Dumont e Parque das Nações seguirão os moldes da estação São Jorge, que integra o complexo viário Ministro Roberto Campos, na Constantino Nery. As novas estruturas vão ampliar o atendimento do transporte coletivo e dar mais agilidade no embarque e desembarque aos usuários do sistema. As demais plataformas serão reativadas após o término dos serviços.

Confira as mudanças

Na avenida Max Teixeira, as linhas 300, 357, 448 e 640 que faziam parada nas plataformas centrais passarão a atender os passageiros nas paradas do lado direito da via. Da mesma maneira, nas avenidas Constantino Nery e Torquato Tapajós, as linhas 208, 300, 324, 326, 356, 357, 448, 454, 500, 560 e 640 também irão atender na faixa à direita das vias. Já as linhas que faziam parada na plataforma Arena passarão a atender na plataforma do Hemoam, em virtude da faixa exclusiva do transporte coletivo.

Ainda na Constantino Nery, haverá a desativação do ponto de parada (sentido Centro/bairro) em frente ao hospital da Unimed e reativação do ponto de parada localizado após a Igreja de São Geraldo. Haverá também a reativação do ponto de parada (sentido bairro/Centro) em frente ao ginásio René Monteiro, além da desativação do ponto de parada (sentido bairro/Centro) localizado nas proximidades da Igreja Universal. O ponto de parada em frente ao colégio Preciosíssimo Sangue será reativado.

Na Torquato Tapajós, ocorrerá a desativação do ponto de parada (sentido Centro/bairro) localizado próximo ao supermercado Baratão da Carne. Dessa forma, será implantado um abrigo nas proximidades do bar Cidade Okê (sentido bairro/Centro) e desativação dos pontos localizados na praça e antes da entrada do conjunto Santos Dumont.

Quanto à avenida Max Teixeira, estão previstas as seguintes mudanças: implantação de pontos de parada localizados nas proximidades da plataforma do Colégio Militar (sentido bairro/centro e Centro/bairro), e no lado oposto ao frigorífico Vitello (sentido Centro/bairro); implantação de ponto de parada (placa), após a entrada do Vitello (sentido bairro/Centro).

O IMMU dispõe do telefone (WhatsApp) (92) 98802-3504 para receber reclamações de usuários em caso dúvidas ou sugestões no atendimento do transporte coletivo.

News portal1 841523c7 f273 4620 9850 2a115840b1c3
Jornalismo com credibilidade

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.