Publicidade
Manaus
NÚMEROS

Paralisações de rodoviários em 2017 já somam R$ 1 milhão em multas, diz Sinetram

O Sinetram informou que as concessionárias são sempre pegas de surpresa durante os movimentos paredistas realizados pelo Sindicato dos Rodoviários e por isso não sabe os motivos 26/07/2017 às 14:05
Show sindicato
O Sindicato já realizou 46 paralisações apenas este ano em Manaus (Foto: Arquivo AC)
acritica.com Manaus (AM)

O Sindicato dos Rodoviários realizou 46 paralisações apenas este ano, em Manaus. As atividades já somam R$ 1 milhão em multas para o órgão, conforme o Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Amazonas (Sinetram). Os dados foram divulgados na manhã desta quarta-feira (26), durante coletiva de imprensa.

A última paralisação ocorreu na tarde de ontem, em três terminais de linha da empresa Via Verde. De acordo com o assessor jurídico do Sinetram, as concessionárias são sempre pegas de surpresa durante os movimentos paredistas realizados pelo Sindicato dos Rodoviários e por isso não se sabe os motivos. Ainda de acordo com ele, os salários estão em dia.

“Isso [paralisações] está virando uma situação constrangedora tanto para as empresas e principalmente para a população que depende do serviço. A Polícia Federal deve abrir um inquérito, por determinação do Tribunal do Trabalho, pelo descumprimento de ordem judicial por parte do Sindicato dos Rodoviários. Os trabalhadores estão com salários em dia e não há motivos para esses movimentos, o que nos leva a crer que isso são por questões políticas”, destaca Borges.

Atualmente, os motoristas do transporte coletivo de Manaus recebem, somando também os benefícios, R$ 3.078,43, a segunda maior remuneração do Brasil.

Publicidade
Publicidade