Publicidade
Manaus
ESCOLA

Parceria Brasil-Japão inaugura ambiente de mídias em escola de referência

O Ambiente de Mídias foi equipado e preparado graças à parceria do Consulado Geral do Japão em Manaus e a Secretaria de Educação 31/05/2017 às 12:16 - Atualizado em 31/05/2017 às 12:26
Show 646546
(Foto: Gilson Mello)
Paulo André Nunes Manaus (AM)

A parceria histórica Brasil-Japão está rendendo bons frutos para a educação amazonense. Um bom exemplo é a inauguração, na manhã desta quarta-feira, do Ambiente de Mídias para a Lingua Japonesa da Escola  Estadual de Tempo Integral Bilíngue (EETIB) Professor Djalma da Cunha Batista, na avenida General Rodrigo Otavio, Japiim, na Zona Sul.

O Ambiente de Mídias foi equipado e preparado graças à parceria do Consulado Geral do Japão em Manaus e à Seduc: o primeiro doou R$ 250 mil para a escola, enquanto a secretaria teve como contrapartida a preparação estrutural do local. 

O evento teve a presença do cônsul geral do Japão em Manaus, Shuji Goto, do secretário de Estado da Educação e Qualidade do Ensino (Seduc), professor-doutor Arone do Nascimento Bentes e do diretor da escola, Orlando Moura.

O Ambiente de Mídias para o Ensino de Língua Japonesa foi devidamente equipado com equipamentos de última geração e atenderá 45 alunos por aula. A sala estará dividida em quatro ilhas, num ambiente interligado, resultando numa aula diferenciada. Numa das ilhas os alunos poderão trabalhar a leitura do idioma japonês; em outra haverá tablets, onde o aluno poderá ouvir e aprender a escrever japonês.

O outro ponto será composto por mesas com televisores de última geração onde o aluno também aprenderá a escrever e falar no idioma nipônico, assistindo as aulas, usando fone de ouvido conectado à TV.  O quarto ambiente é composto por uma TV de 75 polegadas 4K onde o professor bilíngue vai ministrar suas aulas e ainda fazer pesquisas na Internet referente ao assunto abordado. 

"A educação é um investimento para o nosso futuro porque os alunos daqui serão protagonistas da nossa sociedade de amanhã. Espero que os alunos possam aprender muito bem utilizando a sala restaurada com os aparelhos audiovisuais para o estudo da língua japonesa, e cresçam bem como bons cidadãos do mundo", disse o cônsul Shuji Goto.

Publicidade
Publicidade