Domingo, 16 de Junho de 2019
Manaus

Parlamentares não se posicionam sobre relatório da CPI da água

O relatório é fruto de mais de quatro meses de investigações sobre o contrato firmado entre a Prefeitura de Manaus e a empresa Águas do Amazonas



1.gif Vereadores, membros da CPI da Água, reuniram-se nesta quinta (20), pela manhã, na CMM, para leitura do relatório preliminar
21/09/2012 às 07:51

Cinco dos sete vereadores-membros da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da água preferiram não se posicionar, nesta quinta-feira (20), a respeito das recomendações feitas pelo relator da comissão, vereador Marcel Alexandre (PMDB). Os parlamentares alegaram que vão ler o relatório, de 300 páginas para depois se manifestarem.

A CRÍTICA divulgou nesta quinta, com exclusividade, o relatório da CPI da Água que será votado, no dia 26, na Câmara Municipal de Manaus (CMM). Participam da votação os vereadores membros Waldemir José (PT), Jeferson Anjos (PV), Mário Bastos (PRP), Fabrício Lima (PRTB) e Joaquim Lucena (PSB). O relator, Marcel Alexandre, e o presidente da comissão, Leonel Feitoza (PSD), não votam. O relatório é fruto de mais de quatro meses de investigações sobre o contrato firmado entre a Prefeitura de Manaus e a empresa Águas do Amazonas.

(A Íntegra deste conteúdo está disponível para assinantes digitais ou na versão impressa).


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.