Publicidade
Manaus
ACIDENTE

Passageiro fica ferido ao segurar barra de ferro quebrada dentro de ônibus, em Manaus

O homem foi levado a um hospital após sofrer corte profundo no braço. Vistorias são feitas nas garagens, mas empresa terá que dar explicações sobre o acidente 14/08/2018 às 15:26 - Atualizado em 14/08/2018 às 15:48
Show capturar 1f260c75 c5cb 41bc 9039 1bac6bdf2a96
Foto: Divulgação
Oswaldo Neto Manaus (AM)

A empresa de ônibus Viação São Pedro será notificada pela Superintendência Municipal de Transportes Urbanos (SMTU) após um passageiro ter se ferido dentro de um coletivo da linha 124 na noite dessa segunda-feira (13) em Manaus. O homem foi levado para um hospital após sofrer um corte profundo no braço esquerdo em uma barra de segurança do coletivo.

De acordo com uma testemunha, Marinalva Freitas, o acidente ocorreu por volta das 18h20. O passageiro fez sinal de embarque na avenida Brasil, no bairro Compensa, e entrou no ônibus. Ao passar na roleta, ele teria tentado segurar a barra de ferro, quando machucou o braço. “No primeiro momento ele não achou que fosse grave. Depois vimos que ele precisava ser levado para um hospital, pois estava sangrando muito. Algumas pessoas dizem que esse ônibus já estava quebrado e não era de hoje. Nosso transporte urbano está precário”, disse ela.

Passageiros do coletivo ajudaram a vítima com toalhas e camisas para estancar o sangue. Em seguida, todos saíram do ônibus e o homem, não identificado, foi levado para o Serviço de Pronto Atendimento (SPA) do São Raimundo, na Zona Oeste de Manaus. Os passageiros entraram em outro ônibus da linha 127 para seguir o trajeto.

A SMTU informou que teve conhecimento do fato ainda na noite de ontem e fará uma vistoria para constatar as condições de manutenção do veículo. O órgão afirmou ainda que a empresa Viação São Pedro será notificada para explicar o fato que ocasionou o ferimento do passageiro da linha 124.

A superintendência justificou ainda que, em relação à manutenção, “são realizadas vistorias nas garagens das empresas de ônibus para verificar as condições físicas e documentais dos veículos que têm prazo de 15 dias para sanar os problemas detectados, sob risco de aplicação de multa pelo órgão fiscalizador”.

Por meio do Sindicato das Empresas de Transportes de Passageiros (Sinetram), a Via São Pedro informou que o motorista socorreu o usuário e que a empresa vai dar o suporte necessário à vítima.

Publicidade
Publicidade