Publicidade
Manaus
NOVO ALEIXO

Passageiros de micro-ônibus ficam feridos após colisão com viatura dos bombeiros

Pelo menos nove pessoas ficaram feridas com a colisão entre os veículos na avenida Autaz Mirim, na Zona Leste de Manaus 22/08/2017 às 18:14 - Atualizado em 22/08/2017 às 19:20
Rafael Seixas e Dani Brito Manaus (AM)

Pelo menos nove passageiros de um micro-ônibus ficaram feridos durante a colisão do veículo com uma viatura do Corpo de Bombeiros, na tarde desta terça-feira (22), por volta das 17h15, na avenida Autaz Mirim, no bairro Novo Aleixo, na Zona Leste de Manaus. As vítimas não tiveram ferimentos graves e nenhuma foi a óbito. 

O acidente ocorreu nas proximidades do Serviço de Pronto Atendimento (SPA) da Zona Leste. Segundo o capitão Janderson Lopes, do Corpo de Bombeiros, a unidade estava indo atender uma ocorrência de incêndio em vegetação no bairro Santa Inês quando, nas proximidades da Bola do Produtor, ocorreu o acidente.

“O motorista do micro-ônibus tentou ultrapassar um veículo e não viu a viatura fazendo a curva e bateu na metade da cabine. Os militares não apresentaram nenhum ferimento. O motorista do micro-ônibus se evadiu do local”, declarou o capitão.

De acordo com nota do Corpo de Bombeiros, passageiros relataram que havia uma pressa por parte do motorista em tentar ultrapassar outros ônibus da mesma linha e isso teria levado à colisão. O proprietário do micro-ônibus compareceu ao local e foi orientado a encontrar o motorista para prestar esclarecimentos sobre o ocorrido. 


Passageira de micro-ônibus é atendida por equipe do Samu

Uma testemunha do acidente afirmou que o micro-ônibus, de placas JXM-6576 da empresa Amazônia Cooper, vinha em alta velocidade. “A viatura vinha passando e ligou a sirene. Quando ela atravessou, todo mundo parou e ele não parou, quis ultrapassar pela frente. Ele vinha correndo muito, com muita criança dentro”, afirmou o motorista Ronivaldo dos Santos, 34.

A assessoria de imprensa do Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização do Trânsito (Manaustrans) informou que todos os feridos foram atendidos por quatro unidades do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

Publicidade
Publicidade