Publicidade
Manaus
CONFUSÃO

Passageiros incendeiam ônibus durante o 7º dia de greve dos rodoviários em Manaus

Revoltados com mais um dia paralisação da categoria, usuários do transporte público queimaram um coletivo. Mais cedo eles apedrejaram veículos e depredaram o Terminal 4 04/06/2018 às 08:59 - Atualizado em 04/06/2018 às 09:11
Show f3388939 aeea 4c31 81ad fe9f27fbb348
Foto: Márcio Silva
Amanda Guimarães Manaus (AM)

Um cenário de guerra foi visto na manhã desta segunda-feira (4) na avenida Autaz Mirim, na Zona Leste de Manaus, durante o sétimo dia de paralisação dos rodoviários na capital. Além de depredarem ônibus e grades do Terminal 4, na av. Campauã, os manifestantes também queimaram três coletivos revoltados com a greve da categoria. Duas pessoas foram presas e encaminhadas para uma delegacia.

Próximo à avenida Autaz Mirim, policiais militares da Ronda Ostensiva Cândido Mariano (Rocam) utilizaram balas de efeito moral para conter os manifestantes. O Corpo de Bombeiros foi acionado para apagar o fogo nos veículos. A população também colocou incendiou pneus em via pública e jogaram pedras nos policiais militares.

Segundo o tenente-coronel da Polícia Militar,Vinicius Almeida, os dois homens capturados foram presos por atentado contra a tropa de choque. “Fomos acionados pra conter os ânimos da população. Prendemos os dois homens porque eles estavam atentando contra a tropa. Ficaram jogando pedras, enquanto a gente estava tentando controlar a situação”, disse.

Segundo tenente-coronel, mais de 200 policiais estão atuando próximo ao Terminal 4. “Entendemos a revolta da população, mas estamos aqui para manter a ordem. Estamos isolando toda a área para evitar mais problemas”, completou.

O Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Amazonas (Sinetram) informou que está contabilizando quantos ônibus foram queimados e depredados.

Publicidade
Publicidade