Publicidade
Manaus
PROJETO

Passeio do Mindu ganha nova pista de skate do projeto ‘DIY’ neste domingo (1º)

O espaço recebeu a implantação de obstáculos que formaram uma pista alternativa de skate para os adeptos da modalidade 30/09/2017 às 17:02 - Atualizado em 30/09/2017 às 17:07
Show 23545848218 93f7a7a0db z
Foto: Divulgação
acritica.com

O Passeio do Mindu, localizado no bairro Parque 10 de Novembro, na Zona Centro-Sul de Manaus, vai ganhar neste domingo (1º) uma nova pista de skate do projeto Do It Yourself (DIY), resultado de uma parceria entre a Prefeitura de Manaus e a Levi’s Skateboarding. O espaço recebeu a implantação de obstáculos que formaram uma pista alternativa de skate para os adeptos da modalidade.

A pista segue os preceitos da cultura Do It Yourself, que traduzindo significa “faça você mesmo”, e foi construída pelos próprios skatistas que formam a equipe da marca, juntamente com a comunidade esportiva local. Assim, Manaus se torna a primeira capital brasileira a receber o projeto, que contou com apoio das secretarias municipais de Infraestrutura (Seminf) e Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas), gestora do Passeio do Mindu.

Para a execução do projeto, vieram a Manaus os skatistas Otávio Neto, Thomas Santos, Henrique Periano, Paulo Barata e Emanuel Rezende. “Isso é uma cultura que vem desde o início do skate de construir os próprios obstáculos. E aqui estamos colocando isso em prática com todo o suporte que a prefeitura está nos dando e com o reaproveitamento de material”, disse o skatista Henrique Periano.

Além da realização da obra em si, também estão sendo feitos registros de imagens sobre a execução do trabalho, cultura e belezas locais. Para isso também vieram os videomakers especializados em skate José Luiz e Wesley Silva, além do fotografo Heverton Ribeiro. “A ideia é vir para construir junto com a comunidade local e também conhecer e mostrar a cultura, gastronomia e o patrimônio histórico da cidade”, explicou Ribeiro.

Reaproveitamento

Grande parte do material da obra foi reutilizada como entulho, blocos de concreto, dentes de dragão e tubos de drenagem profunda. Todo o material e maquinário foram cedidos pela Seminf.

O projeto DIY foi apresentado em junho deste ano ao prefeito Arthur Virgílio Neto, que designou como espaço para a realização das intervenções a área das quadras do Passeio do Mindu. O projeto existe há quatro anos e já teve pistas implantadas nos Estados Unidos, Índia, Equador e Colômbia.

Na ocasião, o prefeito Arthur Virgílio destacou a importância da parceria para a cidade de Manaus e o reforçou que ela significa à prática do skate, hoje um esporte olímpico. “Essa parceria é um exemplo, pois propôs a criação de um espaço público voltado para um esporte de massa que possui mais de oito milhões de praticantes no Brasil. Essa atitude dos skatistas em fazer a parceria com o município deveria ser seguida por outros segmentos”, disse o prefeito Arthur Virgílio Neto.

O diferencial

O projeto tem como diferencial o fato de ser desenvolvido a partir de intervenções sugeridas pelos próprios skatistas em espaços considerados ociosos e que já são utilizados eventualmente pelos praticantes do esporte.

Átila dos Santos é skatista e frequenta diariamente o Passeio do Mindu. Ele fez questão de ajudar todos os dias na construção do obstáculo e ficou muito feliz pelo projeto ter contemplado a localidade. “É um sonho para gente ter uma pista construída pelos próprios skatistas. Ajudei porque sei que é nosso e vai fazer com que o skate local evolua cada vez mais”, declarou o skatista.

O secretário municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade, Antonio Nelson de Oliveira Júnior, destacou o caráter sustentável do projeto. “Estamos hoje num momento de fortalecimento das parcerias com a iniciativa privada e setores da sociedade, e termos a Levi’s dando esse exemplo de resiliência para todos nós é de suma importância”, explicou Antonio Nelson. 

*Com informações da assessoria de imprensa

Publicidade
Publicidade