Publicidade
Manaus
TRABALHO DE FÉ

Pastoral da Criança celebra 30 anos durante festa de Pentecostes, em Manaus

Segundo a coordenação, a pastoral tem realizado um trabalho essencial na vida de muitas famílias 04/06/2017 às 20:07 - Atualizado em 04/06/2017 às 20:22
Show pastoral055555
Representantes da pastoral entraram em procissão durante a celebração no Sambódromo
Isabelle Valois Manaus

Além da homenagem ao dom Luiz, junto a imagem da padroeira do Amazonas, Nossa Senhora da Conceição, representantes da pastoral da Criança de todas as zonas de Manaus, entraram em procissão durante a celebração de Pentecostes, neste domingo (4), no Sambódromo. Neste ano, a pastoral comemora 30 anos. De acordo com a coordenadora arquidiocesana da pastoral, Lucia Cleide da Silva Soares, a pastoral  nesses 30 anos tem realizado um trabalho essencial na vida de muitas famílias.

"Há muitas famílias que necessitam dessa orientação de vida, educação e criação. Nós como pastoral trabalhamos para apoiar com essas orientações e reforçar a convivência em família. Ajudamos em tudo o que nos for permitido e é com muita alegria que hoje completamos esses 30 anos. Que sejamos exemplo para muitas pastorais e que a cada dia, possamos sempre nos fortalecer", disse.

No momento da celebração em que se destina a oração do Espírito Santo, as oito arquibancadas do Centro de Convenções, ficaram completamente iluminadas com as luzes de velas e dos celulares dos fiéis que foram participar da festa de Pentecostes. Para a dona de casa Elma Barbosa Bente Figueiredo, 35, esta é uma das celebrações mais emocionantes.

Durante os últimos 5 anos, no qual se engajou no serviço da igreja com a pastoral da criança, ela e a família não deixam de participar do festejo. "Pentecostes é uma festa muito bonita e é preparada não só pela arquidiocese, mas pelo povo de Deus que durante meses se dedicou ao evento. Além de tudo isso, celebramos o surgimento da igreja a descida do Espírito Santo que deposita os dons nos apóstolos, estes mesmos dons recebemos quando somos batizados e renovamos o nosso batismo. Não há como deixar de participar desta celebração tão importante para igreja", comentou.

Publicidade
Publicidade