Publicidade
Manaus
Manaus

Patrimônios e tranquilidade são referências do bairro Nossa Senhora das Graças, em Manaus

Bairro, abrigo de patrimônios como o Parque Amazonense e o Mocó, ainda tem ruas tranquilas em meio ao boom imobiliário. Poucos problemas são destacados por moradores do local 08/09/2014 às 08:58
Show 1
O Parque Amazonense foi adaptado como campo de futebol na década de 1910, com capacidade para 12 mil espectadores. Hoje, é palco das ‘peladas’ do bairro
Perla Soares ---

O bairro Nossa Senhora das Graças, localizado na Zona Centro-Sul, é um dos bairros mais tradicionais “fincado” no “coração comercial” da cidade, mas ainda preserva a tranquilidade e um “patrimônio” da cidade, que é também o principal ponto de lazer dos moradores: o campo do Parque Amazonense. É o que conta Geraldo Souza Lima, 83 anos um dos mais antigos do bairro. “Esse campo passa de geração pra geração. Hoje quem joga no campo, são os bisnetos dos que jogaram nele quando criança. Esse parque já teve grandes jogos e todos sabem o valor que ele tem para cada morador daqui”, lembrou Geraldo.

O bairro teve início no século 20, fundado pelos ingleses quando estes traçaram as linhas urbanas da cidade. A atual rua Libertador, hoje ocupada por salões de beleza e academias, era o circuito para os páreos de corridas de cavalos que toda sociedade prestigiava.

O Parque Amazonense foi adaptado como campo de futebol na década de 1910, com capacidade de público parac no máximoc 12 mil espectadores.

Hoje, o lugar que deu origem ao bairro é conhecido popularmente como beco do Macedo, em uma homenagem a um dos primeiros moradores do local, Alfredo Macedo, e uma lembrança de suas ruas estreitas, comumente identificadas por becos.

A igreja Nossa Senhora das Graças deu o nome definitivo ao local quando foi construída a primeira capela no bairro, em 1950, mas ainda subordinada à paróquia de Adrianópolis.

Moradores dizem que, apesar das transformações, ainda é um local bom para se morar. A unica reclamação é a falta de ônibus, que não circulam no beco do Macedo. “Antes tinha um linha ônibus que levava os velhinhos para o Parque do Idoso, mas tiraram, fora isso é tudo certo nesse bairro, tranquilidade e tradição, é nome e sobrenome deste bairro” disse a psicologa Raimunda Lira Silva 45.

Vieiralves

O conjunto Vieiralves toma boa parte do Nossa Senhora das Graças e tornou-se um lugar bem apreciado, com imóveis valorizados. No curso da rua João Valério, a principal do conjunto, bem como outras ruas características por receberem o nome de rios da região Amazônica, encontramos centros comerciais, lojas de grifes femininas, masculinas e infantis, clínicas de estética, consultórios médicos e odontológicos.

Bares, drogarias, supermercados, academias e escolas de idiomas, prédios e casas luxuosos, escolas particulares,de idiomas, restaurantes e escritórios também fazem do bairro um reduto da classe média-alta da cidade.

Publicidade
Publicidade