Quarta-feira, 03 de Junho de 2020
DEBATE

Pedido de empréstimo de R$ 300 milhões da prefeitura gera discórdia na CMM

Vereadores da base do prefeito Arthur Neto e oposicionistas divergiram sobre o Projeto de Lei em pedido de urgência na Câmara Municipal de Manaus



c05747ef-d0aa-45f3-9b40-ad6dc9ac015b_0138DC7F-96C0-46B7-9509-11C543C9A074.jpg Chico Preto (DC) e Marcel Alexandre (Podemos) divergiram durante sessão sobre o empréstimo. Foto: Divulgação/CMM
11/03/2020 às 12:44

O líder do prefeito na Câmara Municipal de Manaus, vereador Marcel Alexandre (Podemos), chamou de “palanque eleitoral” a postura do vereador de oposição Chico Preto (DC) que criticou a aprovação do pedido de urgência do Projeto de Lei n° 036/2020, que versa sobre o empréstimo de 300 milhões requeridos pela Prefeitura de Manaus para dar continuidade ao Reaqualifica III, aprovado ontem (10) pela CMM.

“Umas das únicas posições contrárias à emergência foi do vereador Chico Preto por palanque eleitoral, simplesmente por mero palanque eleitoral, e do vereador William Abreu que faz parte da base do governo. Não quero saber de palanque, estou interessado em Manaus, emprego e renda”, repudiou.



O vereador Chico Preto rebateu a fala do vereador líder do prefeito, Marcel Alexandre e disse que conversou com o secretário de finanças, Lourival Praia, sobre os empréstimos anteriores que a Prefeitura de Manaus já solicitou.

“Ele só tem essa desculpa, me chama de corrupto ou de pedófilo, Marcel. E eles não fazem palanque? Ele está fazendo palanque quando não querem investigar ou avançar. Dão uma proteção para Prefeitura, para poderem usufruir de uma certa vantagem no atendimento de serviços público.

O vereador disse que o secretário de finanças informou por telefone que duas parcelas de 117 milhões que totalizam os 350 milhões do ano passado já foram depositadas no caixa da Prefeitura.

O vice-presidente da CMM, vereador Hiram Nicoulau suspendeu por 40 minutos o pequeno expediente para reunião conjunta das Comissões de Constituição e Justiça e Economia e Finanças que vão apreciar o mérito da economicidade e constitucionalidade do PL que pede empréstimo de 300 milhões.

Conforme Marcel Alexandre, a previsão é que o parecer das Comissões seja aprovado hoje para que os vereadores em Plenário possam aprovar o pedido de empréstimo, para ser encaminhado ainda nesta quarta-feira (11) para sanção do Prefeito Arthur Neto.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.