Quinta-feira, 27 de Junho de 2019
MANIFESTAÇÃO

Peritos fazem paralisação e cobram pagamento de data-base em Manaus

A categoria se reuniu em assembleia em frente ao Instituto Médico Legal (IML). Os profissionais também reivindicam melhores condições de trabalho



peritos_agora_EE383543-12EE-42BD-90E5-A17E50C4616D.JPG Foto: Jair Araújo
22/04/2019 às 10:58

Agentes do Departamento de Perícia Técnico Científica (DPTC) paralisaram as atividades na manhã desta segunda-feira (22), para cobrar melhores condições de trabalho e o pagamento da data-base referente aos anos de 2015 e 2018. A categoria se reuniu em assembleia em frente ao Instituto Médico Legal (IML), localizado na Zona Norte de Manaus.

A presidente do Sindicato dos Peritos Oficiais do Amazonas, Viviane Pinto, informou que a paralisação começou às 8h e se estenderá até às 12h. Segundo ela, os peritos deixaram de realizar todos os serviços, exceto dos corpos de delito em flagrante e em casos de estupros.

Os 170 agentes de perícia do Estado do Amazonas aderiram a paralisação de forma unânime. Segundo a presidente do sindicato, a paralisação é uma forma de pedir melhorias de infraestrtutura do prédio do IML, que teve um diagnóstico negativo do Corpo de Bombeiros.

Além disso, os agentes pedem a modernização para que as perícias tenham mais eficácia e consigam ajudar ainda mais o sistema Judiciário na prisão de criminosos. "Nossas provas são de máxima importância nos crimes, para manter os criminosos presos, precisamos de tecnologia", disse Viviane.

A reportagem entrou em contato com a Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM) e aguarda posicionamento sobre o caso. 

Receba Novidades

* campo obrigatório
News portal1 d3f1dcdd 89ab 46c6 9fcb 20a7cf4ebac3
Repórter de Polícia do jornal Manaus Hoje

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.