Publicidade
Manaus
PESQUISA

Pesquisa revela que manauara prefere presentes mais baratos e compras à vista

De acordo com a pesquisa da CDL Manaus, o item que preferido para as mães é o vestuário que soma 16,1%, em seguida, aparece o celular com 12,5%, 26/04/2016 às 13:05
Show 496962
As compras à vista lideram a preferência dos entrevistados: 66% vão pagar suas compras em dinheiro (Foto: Evandro Seixas)
acritica.com MANAUS

A Câmara dos Dirigentes Lojistas de Manaus divulgou nesta segunda-feira (25), o resultado da pesquisa de intenção de compras do dia das mães, que revelou que a maioria dos entrevistados (16,1%) pretende presentear as mães com peças de roupas e bens duráveis, ou seja, presentes mais econômicos. A pesquisa foi realizada no período de 28 a 31 de março com 600 pessoas.

De acordo com a pesquisa da CDL Manaus, o item que preferido para as mães é o vestuário que soma 16,1%, em seguida, aparece o celular com 12,5%, eletrodomésticos (8,7%), perfumaria (7,6%) e calçados (6,9%). Segundo a pesquisa do ano passado, estes cinco itens também apareceram no topo das intenções de presentes.

Sobre “as presenteadas”, 16,1% pretendem ganhar de presente eletrodomésticos; 14,0% pretendem ganhar de presente celular; 11,0% pretendem ganhar de presente perfumes e similares; 10,5% pretendem ganhar de presente smartphones/tablet; 8,2% pretendem ganhar de presente vestuário/lingerie; 6,7% pretendem ganhar de presente joias.

As compras à vista lideram a preferência dos entrevistados: 66% vão pagar suas compras em dinheiro, enquanto 25% vão usar o cartão de crédito, 5% recorrerão ao cartão da loja, 2% o crediário e 1% vão usar cartão de débito e cheque.

Mesmo com a economia em crise e menos dinheiro circulando, os consumidores são mais generosos quando o assunto é presentar a mãe. Sobre o valor do presente 24% das pessoas pretende gastar mais R$ 400; 22,80% estima gastar de R$ 101,00 a R$ 200,01; 18,95% quer gastar de R$ 81,00 a R$ 100,01; enquanto 13% deve gastar entre R$ 201,00 a R$ 300,01.

Outro indicador interessante revelado pela pesquisa foi a má avaliação do comércio. Os entrevistados quando indagados sobre a qualidade do atendimento no comércio de Manaus: 59,0% classificaram como péssimo; 5,7% classificaram regular; 29,1% classificaram como bom; 6,3% classificaram como ótimo.

Publicidade
Publicidade