Publicidade
Manaus
Inovação

Pesquisa do Inpa pretende desenvolver versão artesanal de cerveja com ingredientes regionais

Pós-doutor em biotecnologia, o pesquisador João Vicente Braga de Souza, acredita que entre os restos de insumos de frutas amazônicas é possível encontrar levedura utilizado na produção da bebida 21/09/2016 às 05:00
Show cerveja
Após 21 dias a cerveja está pronta para consumo. Foto: Antônio Menezes
Isabelle Valois Manaus

Pesquisador do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa) está à procura de   interessados na produção de cervejas para, juntos, desenvolver pesquisas com microbactérias e fungos da Amazônia na busca de criar uma cerveja com materiais produzidos na própria região.

Pós-doutor em biotecnologia, o pesquisador João Vicente Braga de Souza, acredita que entre os restos de insumos de frutas amazônicas é possível encontrar levedura (fungos responsável por transformar o açúcar dos alimentos em etanol) utilizado na produção da cerveja. Na semana passada, ele ministrou uma oficina sobre produção da cerveja.

“Estou em busca de alunos para nos ajudar nas pesquisas. Isolar as leveduras de frutos regionais em decomposição e além disso, do que usar só o malte (cereal germinado e depois ressecado), colocar adjuntos regionais como mandioca, cará e outras plantas amiláceas que a gente não utiliza para produzirmos a cerveja”, disse.

A ideia é que a partir do ano que vem se inicie essa pesquisa. “A ideia do curso que fizemos foi essa, chamar atenção da comunidade sobre o laboratório de microbiologia, despertar nas pessoas a vontade de trabalhar com biotecnologia. Produzir uma cerveja caseira é fácil, mas há os pequenos detalhes de biotecnologia que precisam ser seguidos para que tudo dê certo”, reforçou o pesquisador.

Conforme Souza, este tipo de fungo não é prejudicial à saúde. Além de ser utilizado nas fases de criação da cerveja, a levedura também é responsável na preparação da massa do pão. No preparo, a levedura consome o açúcar do trigo, produz o gás carbônico e assim o pão cresce, sem esse fungo os pães seriam solados iguais dos indianos. Souza afirmou que a levedura conhecida também como Saccharomuces cerevisiae são ricas em vitaminas e uma série de outras substâncias que fazem bem à saúde.

Publicidade
Publicidade