Quarta-feira, 24 de Abril de 2019
publicidade
show_urna_agora.JPG
publicidade
publicidade

GASTOS

Pessoal de apoio para eleições em 2018 no Amazonas vai custar R$ 4,3 milhões ao TRE

Conforme edital lançado pelo Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas, 528 prestadores de serviços serão contratados por uma entidade privada escolhida pelo órgão


05/06/2018 às 07:08

O Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas (TRE/AM) lançou edital que prevê a oferta de 528 vagas para pessoal de apoio nas eleições gerais deste ano. Conforme o documento, a União irá transferir o valor de R$ 4,3 milhões para a seleção de uma entidade privada sem fins lucrativos que fornecerá essa mão de obra. 

De acordo com o edital (veja aqui), a atuação dos 528 selecionados ocorrerá em cartórios eleitorais, locais de armazenamento de urnas eletrônicas, locais de votação do Estado e pontos de transmissão do resultado do pleito. Para isto, o treinamento e capacitação dos escolhidos também será realizado conforme seu encaminhamento, desta forma, o valor de R$ 4,3 milhões destina-se totalmente para a ocupação desses postos de trabalho.

As entidades que pretendam participar do processo seletivo devem possuir sede ou escritório situado em Manaus e realizar inscrição até 15 dias após a divulgação do edital. Dentre os requisitos exigidos, a instituição deve comprovar experiência e capacidade institucional nos últimos dois anos em relação à execução de projetos, gestão de convênios contratos na área do especificada pelo edital.

Dentre outras condições, também é preciso que a organização sem fins lucrativos tenha objetivos ou regimentos voltados à promoção e execução de emprego e renda. A seleção ocorre por meio de avaliação dos fatores pré-estabelecidos no edital. Mesmo que a instituição selecionada precise estar situada na capital, os postos de trabalho ofertados se dividem entre os municípios.

Antes das escolhas serem encaminhadas ao TRE-AM, a própria instituição deve realizar uma divisão entre os grupos de operador de urna, operador de transmissão, agente tecnológico e agente cívico. 

publicidade

O grupo de trabalho com mais vagas é de operador de urna com 277 postos. A vaga com maior oferta em Manaus é de multiaplicador, com 30 do total de 37 postos destinados a este grupo de trabalho.   

As vagas devem ser preenchidas por estudantes de nível médio e superior de instituições públicas ou privadas. Além disso, os candidatos também devem possuir idade superior a 18 anos, estar devidamente regularizados perante a Justiça Eleitoral e possuir noções básicas de informática.

Os cargos incluem o primeiro e o segundo turno da eleição geral que ocorrerá dia 7 e 28 de outubro, respectivamente, sendo que os trabalhos de determinados grupos serão iniciados meses antes dessas datas.

Histórico

Em 2016, nas eleições municipais, o TRE-AM realizou a contratação de 566 pessoas para auxiliar na votação, sendo as vagas distribuídas para dois cargos diferentes: técnico de urna e técnico de transmissão. Naquele ano, um processo seletivo foi feito em parceria com o Instituto Federal do Amazonas (IFAM) para a seleção. Na época, cada selecionado recebeu R$ 1 mil reais mensalmente mais benefícios por carga horária de 44 horas mensais. Além do processo seletivo, também houve a avaliação curricular.

publicidade
publicidade
Prazo para justificar ausência no 2° turno das Eleições 2018 termina nesta quinta-feira (27)
MP Eleitoral processa 92 candidatos do AM por derrame de santinhos nas eleições
publicidade
publicidade
publicidade
publicidade

publicidade
publicidade

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.