Publicidade
Manaus
Manaus

PF ouve tripulantes de avião que caiu em Avenida de Manaus

Na manhã desta terça-feira (12) o prefeito de Manaus, Artur Neto, questionou os motivos que trouxeram os estrangeiros à Manaus 12/03/2013 às 18:54
Show 1
Avião tenta pouso forçado e cai em Avenida
JOELMA MUNIZ Manaus

A Polícia Federal (PF) procurou o piloto e o co-piloto do avião bimotor que caiu na noite da última segunda-feira, no Tarumã, Zona Centro-Oeste de Manaus, um deles natural dos Estados Unidos e o outro da Bolívia, para checar se eles estão no País de forma legal. O procedimento é rotineiro, segundo a assessoria da PF, e foi adotado após os questionamentos feitos publicamente pelo prefeito de Manaus, Artur Virgílio Neto (PSDB) sobre o motivo da visita.

Tanto o piloto americano Jhon Thompson, 42, quanto o co-piloto boliviano Luís Fernando, 40,tiveram ferimentos leves no acidente e receberam atendimento médio no Hospital e Pronto-Socorro 28 de Agosto, localizado na Avenida Mário Ypiranga Monteiro, antiga Recife, onde também receberam uma equipe da PF para uma conversa informal.

O americano recebeu alta médica e está hospedados em um hotel da cidade.Já o boliviano ainda está sendo observado pelos médicos, e deve liberado nesta quarta-feira (13). A queda do avião monomotor prefixo N209B, vindo de Boa Vista (RR), ocorreu em frente ao clube da Aseel no Tarumã, Zona Oeste de Manaus.

No início da tarde desta terça, homens do Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Seripa) e da PF estiveram no hospital em busca de respostas sobre o acidente e também sobre a procedência da dupla.

De acordo com informação repassada pela assessoria de imprensa da PF, até o momento ainda não foi detectado nenhum indício de que os estrangeiros tenham vindo praticar ilegalidades na cidade.

Nesta manhã o prefeito de Manaus, Artur Neto, questionou os motivos que trouxeram os estrangeiros à Manaus.

Publicidade
Publicidade