Publicidade
Manaus
Manaus

Pintor não resiste e morre após ser alvejado com cinco tiros na noite do Natal, na Zona Leste

O homem estava internado no Hospital e Pronto-Socorro Platão Araújo, na Zona Leste de Manaus, desde que se envolveu em uma briga na noite de Natal, na última sexta-feira (25) 27/12/2015 às 15:11
Show 1
A discussão havia começado neste bar, localizado na rua Curió, bairro Cidade de Deus
Kamyla Gomes Manaus (AM)

O pintor Reginaldo do Vale Santos, de 39 anos, também conhecido como "Frank", morreu na tarde do último sábado (26) após ser alvejado com cinco tiros em diversas partes do corpo. O homem estava internado no Hospital e Pronto-Socorro Platão Araújo, na Zona Leste, onde deu entrada depois de se envolver em uma briga na noite de Natal, na sexta-feira (25).

Na ocasião, um outro homem ainda não identificado foi esfaqueado em um dos braços. O fato ocorreu na rua Curió da comunidade Fazendinha, no bairro Cidade de Deus.

Temendo represálias, poucas testemunhas quiseram se pronunciar, pois relataram que o fato é motivado por briga entre traficantes da área, em decorrência a comando de bocas de fumo na região.

O homem estava ingerindo bebida alcoólica em um bar minutos antes do crime, quando deu início a uma confusão.

Conforme informações apuradas, o fato todo se deu após a morte do irmão mais novo, de idade na revelada, do ‘chefão do tráfico’, identificado somente como Rogério, também da área.

Ainda conforme relatos, um traficante identificado como ‘Scooby’, foi quem atirou em Reginaldo. “Do nada começou uma briga, às 4h de sexta. Aqui é área vermelha e estão brigando por ponto de drogas. Todo tempo tem essa briga de traficantes aqui na área. E ainda tem mais pessoas que irão morrer. Uma família fica ameaçando a outra”, informaram.

“A população daqui deu foi graças a Deus, porque esse Reginaldo aprontava muito por”, finalizou a fonte. 

Por todas as ruas em que a equipe de reportagem do MANAUS HOJE passava, o clima era tenso e de poucas pessoas trafegando pelas ruas. A Polícia Civil informou que o caso já está sendo investigado pela Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), e que o pintor tinha um mandado de prisão em aberto.

O homem estava sendo velado no bairro Nossa Senhora de Fátima, na Zona Norte. A outra vítima que ficou ferida permanece internada no hospital.

Publicidade
Publicidade