Segunda-feira, 23 de Setembro de 2019
Manaus

Plínio Valério toma posse na Câmara dos Deputados e ganha cargos em duas comissões

Em apoio ao mais novo tucano no parlamento, uma constelação de líderes políticos do PSDB estiveram presente à solenidade incluindo o prefeito de Manaus



1.jpg Plínio Valério toma posse como deputado federal protegido por líderes do PSDB e sob a bênção do prefeito Artur Neto
07/03/2013 às 07:39

Quase dois meses depois de estar vaga a oitava cadeira da bancada do Amazonas na Câmara dos Deputados foi ocupada nesta quarta-feira (06), às 16h55 (horário de Brasília), pelo terceiro suplente, o vereador Plínio Valério (PSDB-AM), que assumiu o mandato de deputado no lugar de Pauderney Avelino, atualmente secretário municipal de Educação da Prefeitura de Manaus. Em cerimônia rápida, presidida pelo deputado Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), Plínio Valério jurou solenemente: “Prometo manter, defender e cumprir a Constituição, observar as leis, promover o bem geral do povo brasileiro e sustentar a união, a integridade e a independência do Brasil”.

Em apoio ao mais novo tucano no parlamento, uma constelação de líderes políticos do PSDB estiveram presente à solenidade incluindo o prefeito de Manaus, Artur Virgílio Neto. Esse forte apoio político já trouxe benefícios ao mais novo membro da bancada amazonense. O líder do PSDB na Câmara, deputado Carlos Sampaio (SP) indicou Valério para membro da Comissão Especial da PEC da prorrogação da Zona Franca de Manaus, por mais 50 anos; e também como um dos vice-presidentes da Comissão da Amazônia, Integração Nacional e Desenvolvimento Regional. Nenhum parlamentar veterano do Amazonas havia conquistado posto de comando nas comissões permanentes em 2013.

“Venho na qualidade de suplente e meu tempo aqui é o tempo que o deputado Pauderney (Avelino, licenciado para assumir a Secretaria Municipal de Educação de Manaus) estiver ausente. Meu objetivo e minha pretensão ocupar um pouco o espaço deixado pelo Artur (Virgílio Neto, prefeito de Manaus) no que diz respeito à defesa da Zona Franca e naquilo no que diz respeito a tudo que se falar de Amazônia. Esses dois temas serão a minha prioridade”, disse o deputado.

Fim do impasse

Desde o afastamento de Pauderney Avelino, e a renuncia do primeiro suplente, Eron Bezerra, instalou-se um impasse na ocupação da vaga. Plínio Valério queria assumir como deputado sem ter que renunciar ao mandato de vereador na Câmara Municipal de Manaus (CMM), conquistado nas eleições do ano passado. Buscou parecer jurídico, entrou com ação judicial e pediu licença por 120 dias da CMM.

Questionado sobre os mecanismos utilizados para tomar posse como deputado, Plínio explicou que o fim do impasse se deu com a aprovação, na CMM, da emenda à Lei Orgânica do Município de Manaus (Loman), que permite o vereador se ausentar para interesse particular, problema de saude e assumir se convocado na qualidade de suplente.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.