Sexta-feira, 22 de Novembro de 2019
Manaus

PM baleado na cabeça não resiste ao ferimento e morre depois de passar 30 dias na UTI

Ele foi baleado no último dia 14 de janeiro, em um lanche localizado no conjunto Ajuricaba, bairro Alvorada, Zona Centro-Oeste de Manaus



1.gif Ele ficou entubado e sedado na UTI do João Lúcio desde o dia do ocorrido
15/02/2015 às 17:09

Após mais de trinta dias internado em estado gravíssimo na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) por conta de um tiro na cabeça, o soldado da Polícia Militar João Paulo Oliveira da Silva, 34, lotado na 15ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), não resistiu e faleceu, na noite de sábado (14), no Hospital e Pronto-Socorro Dr. João Lúcio Pereira Machado.

Ele foi baleado no último dia 14 de janeiro, em um lanche localizado no conjunto Ajuricaba, bairro Alvorada, Zona Centro-Oeste de Manaus e não apresentou melhoras em seu quadro clínico desde sua entrada no hospital, permanecendo sedado e entubado na UTI desde o dia do ocorrido.



De acordo com a Polícia Militar, o soldado estava em uma rua situada atrás da lanchonete, quando foi abordado por três homens a pé que pediram a chave de sua motocicleta.

Conforme testemunhas, ele teria tentado reagir, mas um dos infratores efetuou o disparo primeiro que atingiu seu crânio. Segundo policiais militares da 10ª Cicom, testemunhas reconheceram um homem, identificado apenas como “Danielzinho”, como sendo um dos suspeitos de participação no latrocínio (roubo seguido de morte).

Um adolescente de 17 anos foi apreendido pela 17ª Cicom, mas testemunhas não o reconheceram como sendo o mesmo elemento do dia do crime. Conforme a Polícia Militar, “Danielzinho” é um perigoso assaltante que atua nos bairros Redenção, Hiléia e adjacentes e que é bastante conhecido dos policiais, porém ainda continua foragido.

O caso está sendo investigado pelo 17º Distrito Integrado de Polícia (DIP) com o apoio do 15º DIP e Delegacia Especializada em Roubos, Furtos e Defraudações (DERFD).

Este é o terceiro policial militar morto recentemente no Amazonas. O último caso foi o homicídio soldado da PM Ronaldo da Silva Costa, 31, morto em Maués, na quarta-feira (11). 


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.