Publicidade
Manaus
Manaus

PM convoca 600 candidatos classificados em concurso para cadastro de reserva

O concurso da Polícia Militar do Amazonas foi realizado em abril de 2011 e, no início de 2013, teve sua validade prorrogada por mais dois anos 04/10/2013 às 08:03
Show 1
Dos 600 convocados, 555 irão preencher as vagas de alunos soldados e, 45, são para as vagas de alunos oficiais
Jornal A Crítica Manaus, AM

A Polícia Militar do Amazonas (PMAM) está convocando 600 candidatos classificados no cadastro de reserva do último concurso realizado pela corporação para a inspeção de saúde e entrega de exames. Os candidatos devem comparecer do próximo dia 21 até o dia 25 de outubro, das 8h às 17h, no Comando Geral da Polícia Militar, localizado na rua Benjamin Constant s/n, Petrópolis, Zona Sul.

Dos 600 convocados, 555 irão preencher as vagas de alunos soldados e, 45, são para as vagas de alunos oficiais. A lista dos convocados e as informações sobre a documentação exigida estão disponíveis no site www.isaeamazonia.org.br, da Fundação Instituto Superior de Administração e Economia (Isae), organizadora do certame.

Conforme o chefe do Estado-Maior, coronel George Chaves, passada a etapa de entrega de exames de saúde, os candidatos serão submetidos a exame psicológico e Treinamento de Aptidão Física (TAF). A incorporação dos candidatos ao efetivo policial do Amazonas está prevista após a conclusão do curso de formação desses profissionais. “Para os alunos soldados, a duração do curso é de seis meses. Já para os oficiais com bacharelado em Direito, o curso tem duração de um ano e meio e para os não bacharéis na área a duração é de três anos”, informou George. O reforço no efetivo, com a incorporação de novos policiais, atende planejamento do Governo do Estado de ampliar o programa Ronda no Bairro para mais 12 municípios do interior até janeiro do ano que vem.

 O concurso da Polícia Militar do Amazonas foi realizado em abril de 2011 e, no início de 2013, teve sua validade prorrogada por mais dois anos, por determinação do governador Omar Aziz, após anunciar a expansão do programa Ronda no Bairro para o interior.

Publicidade
Publicidade