Sábado, 20 de Julho de 2019
Manaus

PM muda planejamento para a Copa do Mundo

Polícia esperava combater apenas ameaças externas, mas  manifestações de junho alteraram os planos



1.jpg Agentes das forças de segurança participaram ontem do workshop da Copa
27/07/2013 às 09:03

A série de manifestações populares que tomaram conta do País, durante a Copa das Confederações, causou mudança no planejamento da Polícia Militar do Amazonas para coibir crimes durante a Copa do Mundo de Futebol, no próximo ano. Até o início de 2013, a PM trabalhava um planejamento voltado para coibir e combater ameaças externas como, por exemplo, terrorismo.

No entanto, as manifestações que levaram milhares de pessoas para as ruas, inclusive, em Manaus, registrou atos de vandalismo, depredação e saques em vários Estado. Esse fato levantou a necessidade da PM do Amazonas fazer ajustes no esquema de segurança para o mundial de futebol que, agora passa a cobrir também, ameaças internas.

As adequações fizeram parte dos temas discutidos ontem, durante o 3º Workshop Copa Segura 2014, voltado para oficiais e alunos oficiais da PM. Segundo o subcomandante geral da Polícia Militar,  Moisés Cardoso, o Amazonas precisa apreender com as experiências de outros Estados, onde as manifestações foram mais graves. Ele ressaltou que um caminho é a Comissão Especial de Investigação de Atos de Vandalismo em Manifestações Públicas (CEIV), criada no Rio de Janeiro.

“Acreditamos que a Polícia Militar está preparada para esse evento. É evidente que o volume das manifestações pode evoluir para um cenário mais complexo. Por isso, temos que melhorar nossos conhecimentos para lidar com isso. Daí a importância de discutir conhecimento para aprimorar nosso planejamento de segurança”, disse.


Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.