Segunda-feira, 19 de Agosto de 2019
Manaus

PMM aplica multa de R$ 887 mil na Manaus Ambiental

O prefeito Arthur Neto acatou a recomendação e determinou que a Procuradoria Geral do Município adote as providências para a execução da sanção



1.gif É a segunda sanção da PMM à Manaus Ambiental só no mês de abril
02/05/2013 às 09:35

A Prefeitura de Manaus decidiu multar novamente a empresa Manaus Ambiental S/A por descumprimento de exigências contratuais. Embasado no Parecer 031/2012 da Agência Reguladora dos Serviços Públicos Concedidos do Estado do Amazonas (Arsam), o subprocurador geral do Município, Rafael Albuquerque Gomes de Oliveira, recomendou a aplicação de três multas administrativas, que, juntas, totalizam R$ 887.115,77.

O prefeito Arthur Virgílio Neto acatou a recomendação e determinou que a Procuradoria Geral do Município adote as providências para a execução da sanção. As multas são decorrentes do não cumprimento das metas de qualidade (no valor de R$ 443.557,89), omissão na prestação de informações solicitadas pela Arsam, e ainda por reincidência, dentro do prazo de um ano, por não promoção de procedimentos adequados em relação aos serviços de atendimento aos clientes, também no valor de R$ 221.778,94.

É a segunda sanção da PMM à Manaus Ambiental no mês de abril. No último dia 23, a Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas) autuou a concessionária com multas que somam R$ 1.584.850,00 pelos danos causados pelo rompimento de uma tubulação de esgoto que vinha levando dejetos sem tratamento a um afluente do Igarapé do Mindu, na comunidade Nossa Senhora de Fátima, Cidade Nova.

Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.