Quarta-feira, 13 de Novembro de 2019
Manaus

Polícia apreende objetos de médicos suspeitos em realizar aborto em Manaus

Três clínicas dos ginecologistas Durval Herculando Carriço e Antônio Cabed foram fiscalizadas nesta segunda-feira (7)



1.jpg Em depoimento os servidores da maternidade afirmaram desconhecer a prática de abortos realizados pelo médico
07/05/2012 às 16:23

Os dois médicos investigados por possível prática de aborto, Durval Herculano Carriço e Antônio Cabed, tiveram objetos de suas clínicas apreendidos por policiais civis na manhã desta segunda-feira (7) em Manaus. Os objetos serão periciados e analisados por técnicos da polícia civil.

Ao todo três clínicas foram vistoriadas, sendo duais de Dr. Durval e outra de Cabede. Das clínicas foram levados objetos como cilindros, receituários, notas fiscais, e solicitação de exames específicos que estão em posse da perícia na Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS).



Durante a entrega dos objetos, o médico Antônio Cabede esteve na delegacia acompanhando os procedimentos preliminares. Dr. Durval Carriço permanece foragido da polícia.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.