Quarta-feira, 16 de Outubro de 2019
APREENSÃO

Polícia Civil apreende 224 quilos de maconha em mata de Novo Airão

Carga avaliada em R$ 1 milhão é de origem colombiana e pertencia a outros traficantes que perderam toda a maconha para piratas dos rios Negro e Solimões



ba05e1fa-9476-44d9-b936-a87aa230e0c9_D182F0A0-4033-45F7-BC84-23C970479DBD.jpg Foto: Joana Queiroz
29/06/2019 às 12:16

A Polícia Civil apreendeu, na noite de sexta-feira (28), 224 quilos de maconha do tipo skunk, avaliados em aproximadamente R$ 1 milhão que estavam entocados dentro da mata fechada no quilômetro 17 do município de Novo Airão. Três pessoas que estavam guardando a droga foram presas e autuadas pelo crime de tráfico de droga e associação para o tráfico.

De acordo com o titular do Departamento de Investigação sobre Narcóticos (Denarc), delegado Paulo Magviner, a apreensão foi resultado de um trabalho conjunto do Grupo Fera, Denarc e a polícia do município de Manacapuru. Com base em dados da inteligência, os policiais chegaram até Ebenezer Lima Guimaraes, 32, Manoel Rodrigues Tenório Júnior, 29, e Mai Sérgio Monteiro, 44, na cidade de Manacapuru.



Manoel já vinha sendo investigado e, no dia da prisão, ele e Ebenezer foram flagrados em um carro com dois tabletes da maconha. Ao serem interrogados, informaram aos policiais sobre um sítio no km 17 da entrada do município de Novo Airão.

De acordo com o delegado Juan Valério, a droga estava em um local de difícil acesso e os policiais tiveram que caminhar alguns quilômetros dentro da mata fechada com ajuda de mateiro.

Conforme os delegados, a droga é de origem colombiana e pertencia a outros grupos de traficantes que perderam toda a maconha para piratas que atuam nos rios Negro e Solimões. “As investigações vão continuar para prendermos os demais envolvidos”, disse Valério.

Repórter de A Crítica

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.