Domingo, 22 de Setembro de 2019
CAPTURADO

Polícia Civil do AM prende gerente do tráfico de ‘Zé Roberto da Compensa’ no Ceará

Anderson Barbosa Felipe, conhecido como “Peruca”, estava escondido dentro de uma casa em um bairro de Fortaleza, capital cearense



5099f295-2e63-433f-8b30-2f74055a54c3_12D0C43A-CE00-44FE-821E-73C2193B9E6E.jpg Foto: Divulgação
02/07/2019 às 20:43

A Polícia Civil do Amazonas prendeu nesta tarde, por volta das 17h, na cidade de Fortaleza, Anderson Barbosa Felipe, o “Peruca”, apontado como o gerente do tráfico e pistoleiro do criminoso José Roberto Barbosa, o “Zé Roberto da Compensa”, nos bairros Lírio do Vale e Nova Esperança, na Zona Centro-Oeste de Manaus.

A prisão foi efetuada por uma equipe de investigadores da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), sob o comando do delegado Paulo Martins que encontraram o criminoso escondido em uma casa no bairro Teodoro Teófilo na capital cearense.  

De acordo com o delegado, o criminoso tinha dois mandados em abertos e que foram cumpridos com a sua prisão.  Peruca sabia que estava sendo procurado e ainda tentou fugir em um carro de aplicativo, não conseguindo porque a área onde ele estava cercado por policiais.

Conforme Paulo Martins, a equipe de policiais deverá chegar a Manaus hoje trazendo Peruca e na quinta-feira ele deverá ser apresentado à imprensa junto com o seu bando que também já estão presos na DEHS. Todos estavam sendo procurados pela polícia por crimes de homicídio e tráfico de droga.

Paulo Martins informou que o criminoso, quando soube que estava sendo procurado fugiu para Fortaleza e de lá estava comandando o tráfico de droga e homicídios em seu reduto. No dia 14 do mês passado o delegado do 19º Distrito Integrado de Polícia (Dip), Aldeney Góes, solicitou apoio da imprensa para divulgar a foto do criminoso e o seu bando. 

O grupo comandado por Anderson Peruca era formado por Carlos Anderson Menezes Cavalcante, o “Doido”; Jhonathan de Souza Ribeiro, o “Gugu”; Ramon Pereira dos Santos, o “Macaco”, e Robert Douglas da Silva e Silva, o “Chocolate”. Estes já estão presos na DEHS.

De acordo com o delegado Aldeney Goes, os criminosos estão envolvidos em um homicídio tentado que teve como vítima um jovem de 21 anos. O crime aconteceu no dia 29 de maio deste ano, no bairro Lírio do Vale, Zona Centro-Oeste da capital. 

Segundo o delegado, no dia do delito, o grupo efetuou disparos de arma de fogo em direção da vítima, que permanece internada em uma unidade hospitalar na capital. Goes ressaltou que a ação criminosa foi motivada pela disputa por territórios para a comercialização de drogas.

De acordo com o site do Tribunal de Justiça do Amazonas (Tjam), Anderson responde cinco processos na justiça, dois por homicídios, três por tráfico de droga. A última vez que ele foi preso foi no dia 14 de janeiro deste ano e logo foi colocado em liberdade.

Repórter de A Crítica

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.