Publicidade
Manaus
Manaus

Polícia Civil faz operação para prender suspeitos de homicídio e tráfico de drogas em Manaus

Seis pessoas foram presas, entre elas o último suspeito de ter participado de um assalto à casa do desembargador Sabino Marques, em junho deste ano 13/11/2015 às 10:09
Show 1
Seis pessoas foram presas, sendo duas em flagrante por tráfico de drogas
Silane Souza Manaus

VEJA IMAGENS

A Polícia Civil do Amazonas deu cumprimento a 21 mandados judiciais de tráfico de drogas e de homicídio na manhã desta sexta-feira (13) em residências localizadas no bairro Novo Israel, na Zona Norte de Manaus, durante a Operação Pacificador.

Mais de 80 policiais do Departamento Estadual de Narcóticos (Denarc), da Delegacia de Repressão ao Crime Organizado (DRCO) e da Seccional Norte foram às ruas cumprir 21 mandados de busca e apreensão. Seis pessoas foram presas, sendo duas em flagrante por tráfico de drogas.

Entre os presos está Madson Rodrigues de Souza, 24, o último suspeito de ter participado de um assalto à casa do desembargador Sabino Marques, ocorrido no dia 23 de junho deste ano, no Campos Elíseos, na Zona Centro-Oeste da cidade. Os criminosos renderam funcionários, a esposa e o próprio magistrado e roubaram vários pertences da casa.


Madson Rodrigues de Souza. Foto: Winnetou Almeida

De acordo com o delegado do Denarc, Thyago Tenório, a Polícia Civil coletou todas as denúncias de tráfico de entorpecentes e fez um cruzamento com as denúncias de homicídios naquela região. Após essa verificação, a Operação Pacificador foi montada.

“A maioria (dos casos) são casas com denúncia no 181 (Disque Denúncia da Polícia Civil). Algumas têm inclusive mais de uma denúncia. O que pode ser real ou também briga de vizinho, e a polícia tem que vir ver", destacou Tenório. Segundo o delegado, a Operação Pacificador será realizada com frequências em outros bairros da cidade.

Publicidade
Publicidade