Publicidade
Manaus
Manaus

Polícia Civil prende dupla por latrocínio e comparsa por roubo, no Campos Sales, em Manaus

Durante a prisão, dois deles estavam a caminho de outro crime: matar um desafeto. Captura foi realizada por policiais civis da Seccional Oeste 21/08/2015 às 11:25
Show 1
Presos serão encaminhados à Cadeia Pública Raimundo Vidal Pessoa, no Centro de Manaus
Joana Queiroz Manaus

Samekes Costa dos Santos, 19, e Antônio Yuri Lopes Ribeiro, 19, foram presos por policiais da Seccional Oeste da Polícia Civil como suspeitos de cometerem um latrocínio há dois dias em Manaus. Durante a prisão deles, os policiais também prenderam Bruno Sousa dos Santos, 18, por furto e porte ilegal de arma de fogo.

De acordo com a delegada Suely Costa, titular da Seccional Oeste, Samekes e Yuri são assassinos confessos do latrocínio praticado contra o comerciante João Ferreira da Silva, 58, na última quarta-feira (19), na comunidade Campos Sales, bairro Tarumã, Zona Oeste da capital.

O crime ocorreu por volta das 4h quando a vítima voltava para casa após sair de um posto de combustível onde passou algumas horas bebendo. A dupla abordou a vítima, que foi imobilizada por Yuri enquanto Samekes aplicou-lhe duas facadas. Eles foram presos em cumprimento a mandado de prisão.

No momento que Sameles foi preso, ele estava acompanhado de Bruno em uma moto roubada, e Bruno portava um revólver calibre 38. Segundo a polícia, os dois estariam indo matar um desafeto de Samekes. Samekes e Bruno foram autuados em flagrante por porte ilegal de arma e furto. Já Samekes e Yuri foram presos pelo latrocínio contra João Ferreira.

Após procedimentos na delegacia, eles serão encaminhados à Cadeia Pública Raimundo Vidal Pessoa, no Centro de Manaus.

Publicidade
Publicidade