Quarta-feira, 17 de Julho de 2019
Manaus

Polícia Civil prende suspeito de matar e enterrar casal em cova no ramal do Brasileirinho

Vítimas estavam desaparecidas desde outubro e teriam sido mortas por dever R$ 3,8 mil a um traficante. Polícia investiga mais quatro envolvidos no crime



1.jpg Este é o primeiro dos cinco envolvidos no assassinato a ser preso
26/02/2016 às 11:53

Alan Patrick Pereira da Mota, 28, foi preso pela Polícia Civil como suspeito de participar do duplo homicídio de um casal, que foi encontrado enterrado dentro de uma cova rasa na última terça-feira (23), no ramal do Brasileirinho, na Zona Leste.

Patrick foi capturado na manhã de ontem por investigadores do 30º Distrito Integrado de Polícia (DIP) e da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), após investigações. O crime ocorreu no dia 9 de outubro de 2015, mas só agora foi preso o primeiro dos cinco envolvidos no assassinato.

O casal vítima do crime é Márcio Alves de Souza e Solange Lucas Pereira, ambos com 38 anos. Segundo o delegado Raphael Campos, titular 30º DIP, o casal devia R$ 3,8 mil em drogas para um traficante do bairro Jorge Teixeira. Como não pagaram, foram mortos.


Ramal onde os corpos foram enterrados. Kamyla Gomes

As duas vítimas estavam desaparecidas desde outubro de 2015 e as ossadas deles foram encontradas enroladas em uma lona e enterradas dentro de uma cova rasa na última terça (23), quatro meses após o crime, no ramal do Brasileirinho, bairro Jorge Teixeira, na Zona Leste.

Segundo o delegado, Márcio André foi assassinado com um tiro de espingarda na cabeça e Solange com três tiros na cabeça de revólver calibre 38. Solange ainda foi amarrada em uma árvore antes de ser executada.

Quatro pessoas ainda estão foragidas. Alan foi levado à Cadeia Pública Raimundo Vidal Pessoa, em Manaus.

Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.