Publicidade
Manaus
Manaus

Polícia deflagra nesta quinta-feira (18), operação de fiscalização ‘Orla Segura’ em Manaus

No decorrer da operação foram vistoriados flutuantes localizados no lago da Colônia Antônio Aleixo, lago do Puraquequara e “pontões” ancorados em frente ao Porto da Ceasa, na Zona Leste de Manaus 18/12/2014 às 17:01
Show 1
O objetivo da operação era fiscalizar postos flutuantes de combustível, venda ilegal de combustíveis em estabelecimentos comerciais flutuantes da orla e crimes de modo geral
acritica.com ---

 A Polícia Civil do Amazonas deflagrou na manhã de hoje (18), a primeira fase da operação “Orla Segura”, com objetivo de fiscalizar postos flutuantes de combustível, venda ilegal de combustíveis em estabelecimentos comerciais flutuantes da orla e crimes de modo geral.

A ação foi desencadeada em conjunto com os Policiais Civis da Delegacia Especializada em Crimes Contra o Meio Ambiente (DEMA), integrantes do Grupo Força Especial de Resgate e Assalto (FERA), Grupamento de Operações Aéreas (GOA) e 28º Distrito Integrado de Polícia (DIP), além de Policiais Militares lotados no Batalhão Ambiental e fiscais do Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas (Ipaam).

No decorrer da operação foram vistoriados flutuantes localizados no lago da Colônia Antônio Aleixo, lago do Puraquequara e “pontões” ancorados em frente ao Porto da Ceasa, na Zona Leste de Manaus. A Titular da DEMA, Delegada Izolda de Castro, destacou os trabalhos realizados nesta primeira fase do trabalho. “A ação consistiu em averiguar se os estabelecimentos possuíam licença operacional do órgão competente para o funcionamento. Esta primeira fase da operação foi um pontapé inicial para as fiscalizações que também serão estendidas a outras partes da cidade”, informou a Delegada.

“Hoje, vistoriamos os estabelecimentos situados na área da Zona Leste, como os lagos do Puraquequara e Colônia Antônio Aleixo, além dos pontões em frente ao porto da Ceasa. Futuramente, iremos vistoriar outros pontões e flutuantes da orla da capital situados na área do Centro de Manaus”, acrescentou a Delegada Izolda Castro.

*Com informações da assessoria de comunicação.

Publicidade
Publicidade