Publicidade
Manaus
Manaus

Polícia encontra drogas nas partes íntimas de mulher morta na Zona Norte de Manaus

Nas últimas 24h o Instituto Médico Legal (IML) registrou cinco mortes violentas em Manaus 24/07/2013 às 10:58
Show 1
O Instituto Médico Legal (IML) registrou seis mortes em 24 horas em Manaus
Bruna Souza Manaus, AM

O corpo de Késia Salvador da Silva, 23, foi encontrado com tiro na boca na noite desta terça-feira (23), por volta de 20h, na avenida Samaúma, bairro do Monte das Oliveiras, na Zona Norte de Manaus. Durante análise realizada por peritos do Instituto de Criminalística, algumas trouxinhas de drogas foram encontradas na vagina de Késia, um exame toxicológico deve apontar quais os tipos de substâncias estavam com a vítima.

Késia foi encontrada por populares que acionaram a polícia. De acordo com o sargento PM Baldoreno da 15º Companhia Interativa Comunitária (Cicom), moradores do local informaram que a vítima era traficante, usuária de drogas e que foi vítima de acertos de contas. Ela teria sido assassinada a mando de um traficante conhecido como ‘Antônio Capucho’. O suspeito já foi preso duas vezes só este ano.

Cinco mortes

O Instituto Médico Legal (IML) registrou seis mortes em 24 horas em Manaus, além de Késia Salvador, outro corpo foi encontrado em avançado estado de decomposição no lago do Puraquequara, bairro da Colônia Antônio Aleixo, Zona Leste de Manaus, por volta das 17h30.

De acordo com a assessoria de imprensa da Polícia Civil, o homem que até o momento não foi identificado, foi morto com dois tiros na cabeça e tem entre 30 e 35 anos, 1.80 de altura, de cor branca. O homem usa aparelho dentário e possuí tatuagens pelo corpo, sendo uma flor grande e colorida no braço direito, uma garça no peito e segue até o braço esquerdo, o nome Milena e as letras R e M na coxa esquerda.

A retirada do cadáver foi feita por homens do Corpo de Bombeiros e agentes do IML, após serem acionados por populares e aguarda reconhecimento de parentes na sede do instituto, localizado na avenida Noel Nutels, no bairro Cidade Nova, Zona Norte.

Arma branca

Leandro Almeida Marques, 17, foi atingido por facadas no dia 25 de junho deste ano na rua CCE, na Comunidade da Sharp, bairro Armando Mendes, na Zona Leste, e morreu na noite de terça-feira (23) no Hospital e Pronto-Socorro João Lúcio.

Arma de fogo

Nilson Cardoso dos Santos, 32, foi morto com dez tiros pelo corpo, após parar para atender o celular na rua 14, bairro São José 3, também na Zona Leste de Manaus e ser abordados por homens que estavam em um veículo, modelo Fiat Pálio, de cor prata e placas não identificadas.

A vítima chegou a ser socorrida até o Hospital João Lúcio, mas deu entrada sem vida na unidade. A polícia investiga qual o motivo da execução de Nilson. No site do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM), Nilson possuía quatro processos por dívidas ativa com o município.

Morte a esclarecer

A senhora Dalila de Souza Lima, 58, foi encontrada morta asfixiada com marcas no pescoço na tarde de terça-feira (23) na casa onde morava, localizada na rua Figueirense, no bairro Cidade de Deus, na Zona Norte de Manaus. A filha da vítima que tem problemas com bebidas alcoólicas é apontada como suspeita. A polícia investiga o caso.

Publicidade
Publicidade