Publicidade
Manaus
Manaus

Polícia frustra ação de quadrilha que tentava explodir caixa eletrônico na Zona Norte

Os bandidos abordaram os seguranças e colocaram o material explosivo no orifício por onde é sacado o dinheiro. Após perceber a chegada da polícia, o bando fugiu sem detonar a bomba 22/08/2013 às 12:03
Show 1
Polícia frustra ação de quadrilha que tentava explodir caixa eletrônico na Zona Norte
Bruna Souza Manaus, AM

Uma quadrilha especializada em explodir caixas eletrônicos teve a ação frustrada após a chegada da polícia na madrugada desta quinta-feira (22). Três homens chegaram em uma motocicleta na rua João Monte Fusco (antiga Samambaia), no bairro Santa Etelvina, Zona Norte, e renderam os vigias do Mercadinho Rafaela. Após prepararem o artefato explosivo e colocarem dentro do caixa 24 horas localizado em frente ao estabelecimento, os bandidos fugiram ao serem avisados sobre a chegada da polícia.

De acordo com o sargento Dário Melo da 26ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), os policiais da guarnição foram acionados e se encaminharam para a área. Um dos bandidos que dava apoio à ação criminosa, avisou aos comparsas que estavam no caixa sobre a chegada da polícia. Os mesmos fugiram do local antes de detonarem a bomba. Dois usaram uma  motocicleta CB300, de cor vermelha e placa não identificada, e o outro levou a motocicleta de um dos vigilantes do mercadinho.


O bando abordou os seguranças do estabelecimento por volta das 1h50.  Os vigilantes passaram cerca de 20 minutos deitados e foram obrigados a ficarem olhando para o chão, para que não identificassem os assaltantes. Nas imagens do circuito de segurança mostram os bandidos utilizando capacetes e abrindo o caixa para colocar o artefato explosivo. Veja galeria de imagens aqui.

Segundo o coronel PM Allen Onó, o Grupo de Manejo de Artefato Explosivo (Marte) foi acionado e depois do isolamento da área, os policiais conseguiram retirar o artefato de dentro do caixa eletrônico e fazer a detonação.

“A equipe foi acionada após suspeita de tentativa de roubo ao caixa eletrônico com carga explosiva. Ao chegarmos ao local foi constatado que a quadrilha havia colocado o material no orifício do qual é retirado o dinheiro. Fizemos a retirada e a detonação, por volta das 6h”, declarou.


Ainda segundo o coronel, aparentemente foram usados cerca de 400 gramas de emulsão explosiva na fabricação da bomba. O material é utilizado em detonações de pedreiras e é o mesmo identificado em explosões de caixas eletrônicos realizadas em 2012 em Manaus.  O artefato vai passar por uma análise técnica e a polícia vai verificar as imagens do circuito de segurança do mercadinho para identificar os suspeitos.

Publicidade
Publicidade