Publicidade
Manaus
Manaus

Polícia Militar lança operação 'Carnaval 2015' para coibir crimes e auxiliar foliões em festas

A segurança será feita por cerca de 5 mil policiais, que estarão espalhados por todas as zonas de Manaus e, principalmente, nos maiores eventos carnavalescos da capital. Comandante da PM pediu "ainda mais cuidado e paciência" aos policiais no trato com os brincantes 11/02/2015 às 17:20
Show 1
Comandante da PM, Gouvea confirmou que todas as Companhias Interativas Comunitárias e Especializadas participarão da ação, que tem início já nesta quarta-feira (11)
Kelly Melo Manaus (AM)

A Polícia Militar (PM) do Amazonas lançou, na tarde desta quarta-feira (11), a operação "Carnaval 2015” para inibir crimes e levar segurança aos foliões durante das festas carnavalescas a partir de hoje até o próximo dia 20, sexta-feira. De acordo com o Comandante-Geral da PM, Gilberto Corrêa, cinco mil policiais militares estarão espalhados pela cidade para reforçar a segurança.

No Sambódromo e nos cinco bairros onde será realizado o Carnaboi também será adotado um policiamento diferenciado. “Todo o efetivo estará empenhado durante esses dias para cumprir a nossa obrigação de levar segurança aos foliões”, afirmou Gouvêia, que recomendou "ainda mais cuidado e paciência dos policiais no trato com o folião”.

De acordo com o comandante, todas as Companhias Interativas Comunitárias (Cicoms) e as Especializadas, como Comando de Policiamento Metropolitano (CPM), Comando de Policiamento do Interior (CPI), Comando de Policiamento Ambiental (CPAmb) e Comando de Policiamento Especial (CPE), estão envolvidas na operação. O comandante do CPM, coronel Flanklides Ribeiro, destacou que assim como foi durante a Copa do Mundo, este ano, no Carnaval, a polícia também vai trabalhar com perímetros de segurança.

“Vamos fazer um monitoramento dos foliões desde a sua saída das paradas de ônibus, terminais de integração e locais com maior fluxo de pessoas até a chegada nas festas. No Sambódromo, haverá revistas e qualquer pessoa que chegar com objetos que coloque em risco a segurança dos brincantes não poderá acessar o  local dos desfiles”, garantiu ele. Ribeiro recomendou também que os foliões evitem levar objetos que possam “chamar a atenção de bandidos”, como o celular.

Toda a Região Metropolitana as regiões de fronteira, como nos municípios amazonenses de Tabatinga e São Gabriel da Cachoeira, também serão atendidas pela operação "Carnaval 2015".

Publicidade
Publicidade